Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Jovem é preso após agredir avó, tentar esfaquear o tio e furtar caminhoneiro em Tailândia

Rapaz era procurado por vários crimes nesta segunda-feira, 05

O Liberal

O jovem Marcos Brito de Santana foi detido em Tailândia, nordeste paraense, após cometer uma série de crimes nesta segunda-feira, 5. Segundo a Polícia Militar, o rapaz foi detido depois de uma tentativa de furto, mas já estava sendo procurado por tentativa de homicídio contra um homem de sua própria família e por agredir sua própria avó, uma idosa.

A 6ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) informou que foi acionada por volta das 11h para averiguar uma tentativa de furto na portaria da Empresa Agropalma. 
Ao chegar no local, encontraram Marcos detido após tentar roubar a carteira do motorista de um caminhão que presta serviço àquela empresa.

Diante da situação, o suspeito e a vitima foram levados até a Delegacia de Polícia Civil de Tailândia. Chegando ao local, a PM ficou sabendo que Marcos já era procurado por outros crimes, ainda mais graves. RITO tinha tentado contra a vida de três pessoas da família.

Segundo familiares, Marcos é usuário de drogas e ontem, estava muito alterado, chegando a tentar agredir um tio com um punhal. Como o homem reagiu, Marcos fugiu da casa da família. Horas depois, ainda bastante transtornado, o jovem pulou o muro da casa da avó e agrediu a idosa, também fugindo em seguida, até ser finalmente preso pela PM após cometer mais um crime. Segundo a PM, o jovem deve responder pela tentativa de furto, agressões e também por tentativa de homicídio.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA