Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Homem mata ex-companheira estrangulada e liga central de ar para preservar o corpo

Após o crime, o suspeito ainda teria ligado para a irmã da vítima, a quem confessou o crime

O Liberal (com informações do Correio de Carajás)

Na madrugada desta quarta-feira (15), um crime marcado pela brutalidade e frieza chocou a população do bairro Morada Nova, em Parauapebas. Uma mulher, identificada como Fernanda Valéria Soares Ribeiro, foi morta estrangulada pelo ex-companheiro, um homem identificado como Roseimiro Quaresma.

O crime foi registrado por volta das 4h da madrugada. Pouco tempo depois, o homem teria ligado para a irmã da vítima, que reside em Castanhal, a quem supostamente confessou o assassinato. Roseimiro ainda teria dito que ligou a central de ar do quarto da vítima para preservar o corpo por mais tempo. Ele fugiu da cena do crime e ainda não foi localizado.

Desesperada, a irmã de Fernanda ligou para a Polícia Militar de Parauapebas, que enviou uma viatura para o endereço informado. Ao chegar à residência do ex-casal, localizada na rua Jade, as portas estariam abertas, e o corpo se encontrava em cima de uma cama coberto por um edredom.

Constatada a morte de Fernanda, a PM acionou o Centro de Perícias Científicas Renato Chaves (CPCRC), que realizou a perícia de local do crime e removeu o cadáver para Instituto Médico Legal (IML).

Informações repassadas às autoridades policiais dão conta de que a vítima teria colocado fim na relação com Roseimiro. Fernanda estaria morando, atualmente, na cidade de Castanhal, nordeste paraense. Ela teria ido a Parauapebas para vender alguns bens da casa que tinha com o suspeito. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA