Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Homem de 62 anos é preso por estupro de criança de 8 anos em resort de Salinas

Crime ocorreu dentro de resort

O Liberal

Um homem de 62 anos foi preso em flagrante pela Polícia Militar acusado de ter estuprado uma criança de 8 anos dentro de um resort em Salinas, na região do salgado paraense. Detido pelos militares, ele foi levado para a Delegacia de Polícia, onde houve o registro do caso e foram realizados os procedimentos cabíveis.

VEJA MAIS

Menina Bianca foi queimada viva por estuprador
Corpo da criança foi localizado no sábado, dia em que completaria 12 anos

Suspeito de estuprar criança dentro de embarcação é preso pela polícia no Marajó
A PM recebeu a denúncia por volta de 22h desta quinta-feira (21), quando localizou o suspeito e o prendeu em flagrante

O homem passou por audiência de custódia em que o juízo manteve a detenção dele. O suspeito já está no Centro de Recuperação de Salinas.

Em nota, a Polícia Civil informou que "um homem foi preso em flagrante pelo crime de estupro de vulnerável e está à disposição do Poder Judiciário. O inquérito policial, que investiga o caso, corre sob sigilo".

Polícia cumpre mandado de prisão contra homem investigado por estupro de vulnerável, em Belém
O crime ocorreu no ano de 2011; a vítima não possuía nenhum grau de parentesco com o suspeito

Estupro de vulnerável

De acordo com o artigo 217, do Código Penal, se define o crime de estupro de vulnerável manter conjunção carnal ou praticar outro ato libidinoso, como atentado violento ao pudor e corrupção de menores, com menor de 14 anos de idade. A pena vai de oito a 15 anos de prisão.

Padrasto se recusa a fazer teste de paternidade e é preso acusado de estupro de enteada de 11 anos
Criança deu à luz dentro de casa; vítima não era vista fora de residência havia pelo menos dois anos

A lei determina, ainda que, incorre na mesma pena quem pratica as ações descritas com alguém que, por enfermidade ou deficiência mental, não tem o necessário discernimento para a prática do ato, ou que, por qualquer outra causa, não pode oferecer resistência, se a conduta resulta lesão corporal de natureza grave, a pena de prisão é de 10 a 20 anos; se resultar em morte, a reclusão sobe para 12 a 30 anos.

Palavras-chave

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA