Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Aposentado da Marinha é achado morto e amarrado na cozinha de casa, na Marambaia

Namorada da vítima deu o alerta à polícia, após várias tentativas de manter contato. Casa estava revirada

O Liberal

Um idoso foi encontrado morto na cozinha de sua residência, no bairro da Marambaia, em Belém, na última quinta-feira (2). Segundo informações da Polícia Militar, a vítima foi identificada como Mário Ademar Matos Carvalho, de 68 anos.  O crime ocorreu no Canal da Cristal, entre Tavares Bastos e Rodolfo Chermont.

Segundo moradores, a vítima seria aposentado da Marinha. A polícia confirmou essa informação, mas não disse se Ademar era da Marinha Mercante ou ex-militar da Marinha do Brasil. Ele foi encontrado após um alerta dado pela sua namorada - que o procurou na residência após várias tentativas de contato por telefone, sem sucesso. Ela decidiu ligar para a polícia que o encontrou amarrado.  

A Polícia Militar acredita que Ademar pode ter morrido nesta mesma noite, mas ainda não há detalhes sobre a apuração. Ainda conforme as informações preliminares, a residência da vítima estava toda revirada. Vizinhos também alertaram à polícia que o automóvel do ex-militar desapareceu da garagem.

De acordo com um familiar da namorada da vítima, o homem teria sido encontrado com os pés e as mãos amarrados para trás, a informação não foi confirmada pela Polícia Militar.  Os vizinhos acreditam que o suposto assassino possa ter roubado objetos da residência da vítima. 

O crime deixou os moradores do Canal da Cristal assustados. No entanto, a vizinhança acompanhou a remoção do corpo e a realização da perícia no local. A área sofre com a falta de iluminação e, segundo os vizinhos, o perímetro é marcado com a insegurança.

Palavras-chave

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA