Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Empresário é executado a tiros enquanto bebia com amigo em um bar, em Tucumã

Welington Thomaz ainda chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos. A Polícia Civil investiga o crime

O Liberal

O empresário Welington Thomaz, conhecido como "Bem-te-vi", foi assassinado a tiros enquanto bebia com amigos em um bar localizado no município de Tucumã, sudeste do Pará, na noite da última sexta-feira (3). A vítima ainda chegou a ser socorrida, mas já chegou sem vida ao hospital. A Polícia Civil instaurou um inquérito para investigar o crime, que tem características de execução. Até o momento, nenhuma prisão foi realizada.

De acordo com apuração dos portais Debate Carajás e Fato Regional, Welington estava junto com um amigo, em um bar às margens da rodovia PA-279. Testemunhas relataram que dois homens chegaram no local em uma motocicleta Honda Titan preta. O homem que estava na garupa sacou uma arma de fogo e fez vários disparos em direção à vítima. O amigo do empresário não chegou a ser atingido.

Depois de sofrer o atentado, a vítima ainda chegou a ser socorrida e levada para o Hospital Santo Agostinho, por volta das 20h, mas não resistiu aos ferimentos. O corpo ficou no necrotério da unidade, e de lá foi para o Instituto Médico Legal (IML), onde passará por exame de necropsia e depois será liberado para a família. Os criminosos tomaram rumo desconhecido.

A polícia pede que qualquer informação que possa ajudar na identificação e localização dos criminosos seja repassada às autoridades via Disque-Denúncia (181), Centro Integrado de Operações - Ciop (190) ou pelo Whatsapp da atendente virtual Iara: (91) 98115-9181. As ligações são gratuitas e o sigilo é garantido.

Palavras-chave

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA