CONTINUE EM OLIBERAL.COM
X
logo jornal amazonia

Drogas e produtos apreendidos são incinerados em Moju

Entorpecentes e objetos foram apreendidos e destruídos em ações na região do Baixo Tocantins

O Liberal
fonte

Uma ação conjunta de órgãos de segurança incinerou 37 kg de drogas entre maconha, cocaína e óxi no município de Moju, no nordeste do Pará. Também foram destruídos 12 caixas de cigarros e 174 pacotes de incensos apreendidos na região do Baixo Tocantins. As informações foram divulgadas pela Polícia Civil.

A destruição ocorreu em uma cerâmica na zona rural de Moju. A ação conjunta contou com a vigilância sanitária de Abaetetuba, Ministério Público do Estado do Pará (MPPA), Polícia Científica, delegacias de Mocajuba, Abaetetuba e a Superintendência Regional do Baixo Tocantins.

VEJA MAIS

image Operação ​prende duas pessoas e apreende​ material ligado ao tráfico de drogas em Altamira
A operação intitulada “Poseidon” foi pautada no levantamento de dados feito pela Agência de Inteligência das polícias Civil e Militar

image Crime organizado tem prejuízo de mais de R$ 290 milhões com apreensão de drogas e armas no Pará
Operações da Polícia Civil do Pará entre o período de 2022 até abril de 2024 resultaram na apreensão de 17.744,327 quilos de entorpecentes e 7.149 armas de fogo

image Dupla é presa ao fazer 'delivery' para o tráfico de drogas em Santarém
Os dois homens foram revistados e com eles a polícia encontrou 19 papelotes de substância semelhante à pedra de crack, dois celulares, além R$ 34,50 em espécie

A incineração é um procedimento rotineiro previsto em lei. Amostras das drogas foram coletadas para exames periciais pelo Laboratório de Toxicologia Forense, da Polícia Científica do Pará.

Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp e Telegram 📱
Polícia
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA