Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Crime brutal choca Marabá; suspeito é preso em Santa Catarina

Pai e filho foram sequestrados e bandidos assassinaram Paulo Marcelino de Almeida

O Liberal

Esta semana a Polícia Civil do Pará tomou conhecimento de uma prisão ocorrida na cidade de Itajaí, no Estado de Santa Catarina. O alvo foi um dos homens envolvidos em um crime de homicídio por motivo torpe, ocorrido no município de Marabá. Com informações do Correio de Carajás.

Ele já era investigado pelo Departamento de Homicídios da Polícia Civil. Além desse preso em SC, no dia 10 do mês passado, outro envolvido no crime foi preso em Parauapebas. Com isso, o caso está praticamente solucionado. A vítima do brutal assassinato é Paulo Marcelino de Almeida, conhecido como Paulinho.

O carro dele abordado por criminosos e sob grave ameaça e violência foi obrigado a realizar transferências e saques bancários. Depois, dois pistoleiros levaram o filho de Paulinho para a escola e em seguida foram embora com ele.

A cena foi toda filmada por câmeras de segurança. Isso ocorreu no dia 8 de março deste ano. O fim da empreitada criminosa culminou com a morte de Paulinho, que teve o cadáver ocultado e o carro subtraído.

Após o registro do boletim de ocorrência, no dia 9 de março, a polícia iniciou as apurações para elucidar o caso e no dia seguinte o corpo da vítima foi encontrado na Estrada do Rio Preto, em Marabá. Três dias depois ele foi reconhecido pelos familiares. Segundo as investigações, todos os crimes foram planejados e executados por motivo torpe.

Já no dia 10 de junho, um dos envolvidos no crime foi preso, mediante mandado de prisão, a partir das investigações. Atualmente o mesmo se encontra na Cadeia Pública de Parauapebas, município onde se encontrava foragido anteriormente.

No dia 30 de junho, a Delegacia de Homicídios de Marabá, foi notificada sobre a prisão do segundo homem envolvido no crime, que foi pego em flagrante por outros atos ilegais, além de já possuir um mandado de prisão preventiva em seu desfavor, no estado de Santa Catarina.

Agora ele se encontra no Complexo Prisional de Itajaí. As investigações sobre o caso continuam para a conclusão do inquérito policial. Apesar da falta de informações especiais da Polícia, acredita-se que o crime tenha sido motivado por alguma vingança.

Os dois indivíduos invadiram a residência da vítima, no bairro Novo Horizonte (Núcleo Cidade Nova), que estava na companhia apenas de seu filho de 3 anos. Segundo relatado feito pela própria criança, em escuta especializada com a psicóloga do Parapaz, informou que seu pai foi agredido por esses indivíduos que a todo tempo diziam que iriam matá-lo, bem como exibiam armas de fogo. Em seguida, os algozes deixaram a criança na escola por volta das 14h20 e tomaram rumo ignorado, levando a vítima Paulinho como refém.

O cadáver de Paulinho estava na estrada do Rio Preto, aproximadamente a 1 km da pista BR-230 (Transamazônica), na altura do Km 9 da dita estrada federal. De acordo com as primeiras informações, o corpo estava em uma espécie de vala e aparentava duas perfurações na região do tórax.

A guarnição do Posto Policial Destacado (PPD) da Polícia Militar de Brejo do Meio fez a segurança do local até a chegada do Instituto Médico Legal (IML) para o levantamento cadavérico e a remoção do corpo até Marabá.

Palavras-chave

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA