Corpo de professor é achado em posto desativado da PRF em Redenção

Vítima saiu de casa na tarde de domingo e foi achado morto pela manhã de segunda (02)

Caio Oliveira

O corpo do professor universitário Valdenilson de Conceição Lima foi achado em um posto desativado da Polícia Rodoviária Federal (PRF) na manhã desta segunda-feira (02) em Redenção, sudeste paraense. Segundo o 7º Batalhão de Polícia Militar (BPM), o cadáver foi encontrado por volta de 9h na rodovia BR-155, com sinais de esfaqueamento. 

Segundo familiares do homem, ele saiu da casa onde morava com a mãe por volta de 16h de domingo (01), subindo na motocicleta e sem dizer para onde ia. A mãe enviou diversas mensagens e ligou para o telefone dele ao longo da noite e da manhã seguinte, mas o Denilson, como também era chamado, não respondeu. 

No meio da manhã, Valdenilson, que era professor da Faculdade Integrada Carajás (FIC), foi achado sem vida no antigo posto da PRF. Os policiais militares isolaram a área e acionaram a Polícia Civil  para os procedimentos adequados e investigação do crime de homicídio.

A PM ainda disse que, inicialmente, foi apurado que o professor estava em um churrasco com amigos, onde permaneceu até o meio da noite, mas depois disso, não se sabe para onde ele foi e como acabou sendo assassinado. A principal hipótese é que o homem tenha morrido ainda durante a noite de domingo.

Durante toda a manhã, familiares e amigos da vítima foram ouvidas na delegacia de Polícia Civil, na tentativa de elucidar o caso. O corpo do professor foi removido e levado ao Instituto Médico Legal (IML) de Marabá.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM POLÍCIA