Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Caso Yasmin: médico legista troca de advogado após duas semanas de investigações

Quem assume o caso é o advogado criminal Marco Pina. Já Antônio Tourão continua com a defesa do condutor da lancha.

O Liberal

Considerado um dos principais atores do caso que envolve a misteriosa morte da influenciadora Yasmin Cavaleiro de Macêdo, de 21 anos, o médico legista Euler André Magalhães da Cunha, conhecido como Dr. Léo, trocou de advogado após pouco mais de duas semanas do início das investigações. Agora quem assume a defesa é o advogado criminal Marco Pina. Já Antônio Tourão continua no caso, atuando com a defesa do condutor e proprietário da lancha, o empresário. Lucas Magalhães de Souza.

LEIA MAIS

Reconstituição da morte de Yasmin será feita em janeiro, diz advogado Os eventos que levaram à morte da influenciadora digital em um passeio de lancha pelo furo do Rio Maguari devem ser reconstituídos na primeira quinzena do próximo mês

Lancha em que Yasmin Macedo estava segue apreendida e deve passar por nova perícia Além da embarcação, o telefone celular de Yasmin também deve ser periciado

À reportagem, o advogado Marco Pina relatou que se apresentou formalmente ao delegado Cláudio Galeno, titular da Divisão de Homicídios que conduz as investigações sobre o caso. "É que nem futebol, em que o técnico muda o jogador quanto tá cansado. Penso que ele não estava satisfeito. Não posso dizer qual foi o motivo, mas pra mudar, penso que ele não estava satisfeito com a defesa. Só sei que ele me procurou, nós conversamos e vou patrocinar o Euler. Já me apresentei na DH", contou.

Pina também confirmou que o médico legista deve ser ouvido novamente pela Polícia Civil em breve, como já havia sido adiantado pelo advogado da família de Yasmin, Luiz Araújo, à reportagem de O Liberal. "Ele vai ser ouvido novamente, até porque estive com o delegado Galeno e também demonstrei a vontade de que ele preste um novo depoimento, o que o delegado concordou", relatou.

O advogado Antônio Tourão, que agora se dedica exclusivamente à defesa de Lucas Magalhães, relatou que a decisão partiu da família do médico. "A família do Dr. Leo entendeu que não seria interessante manter um único advogado, tanto para o Lucas como pra ele. Foi tão somente por isso. Como o Lucas havia contratado primeiro, nós optamos por ficar apenas com ele", concluiu.

Relembre o caso

Yasmin Cavaleiro de Macêdo, de 21 anos, desapareceu por volta de 22h30 da noite do dia 12 de dezembro, após participar de um passeio de lancha pelo rio Maguari, em Belém. O corpo da jovem foi encontrado às 12h40 de segunda-feira (13), em Icoaraci. Segundo o Corpo de Bombeiros do Pará, Yasmin foi encontrada por mergulhadores do 1º Grupamento Marítimo Fluvial (1º GMAF), a aproximadamente 11 metros de profundidade. 

Várias testemunhas já foram ouvidas, diferentes versões foram apresentadas, o que faz com que o caso ainda seja rodeado de mistérios.

As informações sobre como a vítima caiu da embarcação e não foi vista pelos outros ocupantes ainda são levantadas pela PC.

Palavras-chave

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA