Briga em praia de Itaituba termina com um homem morto a tiros

Confusão entre dois grupos foi na manhã deste domingo (09)

No começo da manhã deste domingo (09), um homem assassinado na Praia do Sapo, balneário às margens do Rio Tapajós em Itaituba, sudoeste paraense. Dheison Lucas Alves, de 32 anos, foi morto em uma briga após uma briga entre pessoas que bebiam no local, confusão que começou após, segundo as testemunhas, o homem "dar em cima" de uma mulher e despertar a fúria de um outro grupo.

De acordo com o 15º Batalhão de Polícia Militar (BPM), eles foram acionados por volta das 8h para averiguar uma situação de tiroteio e acharam o cadáver na faixa de areia. Os policiais que foram ao local apuraram que Dheison, que assim como grande parte da população de Itaituba, trabalhava com garimpo, estava na praia bebendo com conhecidos quando começou a flertar com uma mulher que passava pelo local. Em seguida, um homem foi até o ponto onde o garimpeiro estava com seus amigos e demonstrou descontentamento com a atitude dele. Nesse momento, uma briga começou.

A rusga evoluiu até se tornar cada vez mais violenta, com pessoas atacando umas às outras com socos, chutes e pedaços de madeira. A briga cessou, mas um grupo continuava a ameaçar o outro e, segundo testemunhas, um homem chegou a mostrar uma arma de fogo para Dheison. 

Depois de um tempo, quando o garimpeiro e seus amigos resolveram ir embora e seguiram para a rua que dá saída à praia, foram surpreendidos pelos disparos. Dheison foi atingido e caiu no chão, morrendo antes que pudesse receber qualquer tipo de socorro. Quando a polícia chegou ao local, apenas os conhecidos da vítima estavam na praia, e grupo que supostamente foi responsável pelos disparos já tinha ido embora.

O caso é investigado pela Polícia Civil de Itaituba, que já teria o nome de um dos envolvidos no caso e segue apurando o que de fato ocorreu na praia. Até o momento, ninguém foi preso por envolvimento no homicídio. 

 

 

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM POLÍCIA