Multicampi Saúde da Criança: programa da UFPA reforça atendimento à saúde no Pará

Entre os municípios que serão contemplados pela iniciativa estão Belém, Castanhal e Altamira

Gabriel Pires
fonte

Visando qualificar o atendimento de atenção básica à saúde do público infantil nos municípios paraenses, o Programa Multicampi Saúde da Criança, que é um projeto de extensão da Universidade Federal do Pará (UFPA), busca, por meio da prática de acadêmicos dos cursos de saúde, fortalecer os atendimentos e capacitar os estudantes. Esta é a segunda edição do projeto, que foi aprovada em 2020 e tem previsão para iniciar no mês de fevereiro. Entre os municípios que serão contemplados pela iniciativa estão Belém, Castanhal e Altamira. Serão 300 acadêmicos dos cursos de medicina, nutrição, enfermagem e biomedicina, entre outros, que atuarão nas unidades básicas de saúde.  

Para a segunda edição do projeto, participam alunos de Biomedicina, Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Medicina, Nutrição, Odontologia, Psicologia, Serviço Social e Terapia Ocupacional. Ainda integra o projeto os discentes de Educação Física (Campus Belém); Educação Física e Medicina Veterinária (Campus Castanhal); Ciências Biológicas e Medicina (Campus Altamira).

“A importância da UFPA de reforçar o atendimento de saúde nesses municípios vem ao encontro da necessidade da promoção da qualidade de vida para que essas crianças atendidas pelo programa tenham aumentadas as chances de ter crescimento e desenvolvimento saudáveis. E, com isso, oportunidade de desenvolver todo seu potencial. Outra importância é que estamos contribuindo para o atendimento na atenção básica, a porta de entrada para o SUS", explica a coordenadora executiva do programa Multicampi Saúde da Criança, Rosineide dos Santos Tavares. 

A primeira edição do Programa Multicampi Saúde da Criança foi aprovada no ano de 2018 pelo Ministério da Saúde. O primeiro ciclo iniciou-se em março de 2019 e finalizou em dezembro de 2022. Na fase anterior,  Abaetetuba, Belém, Bragança, Cametá, Castanhal e Soure contaram com o atendimento dos estudantes. No total, foram 625 acadêmicos da saúde capacitados, distribuídos nos cursos de Biomedicina, Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Medicina, Nutrição, Odontologia, Psicologia, Serviço Social e Terapia Ocupacional.

Seleção

Os estudantes são selecionados por meio de um processo seletivo, em que cada curso determina a partir de que semestre cursado o estudante pode participar do Multicampi Saúde da Criança. É feita inscrição, entrevista e avaliação do histórico acadêmico. Os professores dos cursos participantes, que são os tutores, são responsáveis pela seleção dos estudantes.

Em Belém

Na manhã da última terça-feira (24), o prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues, participou do fórum sobre o programa. O prefeito afirmou que a Prefeitura de Belém vai conversar com a universidade para que, a exemplo das atividades do programa Multicampi nos municípios, essas ações possam ser realizadas de forma permanente nos bairros da cidade, gerando grande impacto social no que diz respeito à atenção básica de saúde para as crianças. 

“Esse programa apresenta a perspectiva da integralidade das ações em saúde e tem o poder de mudar e construir um futuro saudável para o nosso Estado no que diz respeito à saúde das crianças”, disse.

Participaram do fórum, realizado no campus Guamá da UFPA, o reitor e vice-reitor da instituição, Emmanuel Tourinho e Gilmar Pereira da Silva, respectivamente; o pró-reitor de Extensão da instituição, Nelson José de Souza, além de estudantes e profissionais capacitados pelo Multicampi. 

(Gabriel Pires, estagiário, sob a supervisão de Victor Furtado, coordenador do Núcleo de Atualidades)

Pará
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM PARÁ

MAIS LIDAS EM PARÁ