Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Cruz Vermelha e Defesa Civil visitam pontos de acolhida e de parada dos romeiros em Castanhal

Mais de 20 mil pessoas passam a pé pelo município rumo ao Círio de Nazaré

Patrícia Baía

Foi realizada na manhã desta segunda-feira (22), em Castanhal, no nordeste do estado, a visita técnica da Cruz Vermelha, Defesa Civil do estado e do município e Diretoria de Procissões de Nazaré aos locais que serão usados como apoio na passagem dos romeiros em direção à Basílica Santuário de Nossa Senhora de Nazaré, nos dias que antecedem o Círio de Nazaré

São cerca de 20 mil pessoas que passam a pé por Castanhal. Os peregrinos ou promesseiros, como também são chamados, que saem de diversos municípios paraenses com destino a Belém. “Em Castanhal, por ser o polo da região nordeste, os peregrinos sempre fazem paradas estratégicas para o descanso e alimentação. E nesse momento fazemos a acolhida dessas pessoas nos postos que são montados todos os anos na praça da Matriz, na orla do rio Apeú e no posto Pombal que fica na saída da vila do Apeú”, explicou o coordenador da Defesa Civil do Município, Major Edson Marques.

MAIS LIDAS 

Pedalando ou caminhando, promesseiros do Círio se emocionam no percurso da BR-316
Apesar das recomendações das autoridades da Igreja para que a festividade fosse vivida de casa, muitos devotos não desistiram do trajeto

Círio de Nazaré repercute entre promesseiros fora do Pará
Transmissão da maior procissão da Amazônia é feita ao vivo pelo Portal Oliberal.com

 

De Castanhal até Belém serão montados 17 postos de atendimentos, ao longo da rodovia BR -316 e com o apoio de mais de 25 mil voluntários. De acordo com o secretário geral da Cruz Vermelha, Pablo Mendes, os postos foram mapeados de acordo com o fluxo de romeiros que já passaram nos últimos anos. “Vamos criar uma dinâmica de atendimento que compreenda todo percurso de Castanhal até Belém. Somente a Cruz Vermelha estará com mais de 6 mil voluntários”, explicou.

De acordo com o diretor de procissões do Círio de Nazaré, Franco Barreto, este ano será realizado um trabalho de atualização dos dados e números de pessoas e de caravanas que vão até Belém. “Desde 2019 não tínhamos esses números atualizados, apenas das caravanas que se inscrevem com a gente, porém sabemos que o número só cresce a cada Círio e por isso é importante esse trabalho que estamos fazendo aqui que começa com a visita dos pontos de parada dos romeiros”, disse.

Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM PARÁ

MAIS LIDAS EM PARÁ