Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Fumaça de vulcão no Caribe já pode ser vista no Pará

Gases do La Soufriere se espalham pelo mundo e, no Brasil, Norte é o primeiro a ser afetado

Redação Integrada com informações de Época

Fumaça vulcão caribenho La Soufriere, que entrou em erupção desde a última sexta-feira (9), saiu da ilha de São Vicente e já pode ser vista até o Pará.

A fuligem ocasionada pela erupção já chegou à África e também a diversos pontos das Américas, incluindo o Norte do Brasil. Os gases cinzentos foram verificados nos estados do Amapá, Roraima, Amazonas e Pará.

Sensor do programa espacial europeu captou o deslocamento sobre o Norte do Brasil (Reprodução)

O registro do gás, dióxido de enxofre vulcânico, sobre a região Norte foi feito pelo sensor Tropospheric Monitoring Instrument (TROPOMI), equipamento está a bordo do satélite Sentinel 5 Precursor, parte do programa europeu Copernicus, que faz observação da Terra, segundo o MetSul.

Inativo por décadas, o vulcão La Soufriere, ao entrar em erupção na sexta-feira, fez com que cerca de 16 mil pessoas tivessem que deixar suas casas.

Apesar da grandiosidade do evento, da enorme massa de gases, segundo o MetSul, as cinzas estão a até 16 quilômetros de altura e, nessa altitude, não coloca em risco as pessoas na superfície da Terra, a não ser que estejam ao alcance imediato dos gases em menor altitude, ou seja, próximo ao local de erupção.

Apesar de o desastre se somar à pandemia de coronavírus na ilha de São Vicente, não há registros de feridos até o momento.

 

Mundo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MUNDO

MAIS LIDAS EM MUNDO