Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Comoção toma conta de cidade da Rússia onde estudante disparou contra várias pessoas em Universidade

Cidadãos depositaram flores e velas perto de uma das entradas do campus da Universidade. Tiroteio deixou seis mortos e 24 feridos

O Liberal

Um dia depois do tiroteio em uma universidade que deixou seis mortos e 24 feridos, moradores de Perm, na região central da Rússia, acordaram em choque e em luto. Na manhã desta terça-feira (21), muitos cidadãos depositaram flores e velas perto de uma das entradas do campus da Universidade Estadual cidade, onde um estudante armado abriu fogo no dia anterior, disparando contra várias pessoas. No total, cinco jovens, quatro mulheres e um homem, com idades entre 18 e 26 anos, e um médico de 66 foram mortos. As informações são do Portal UOL.

"É um choque, uma dor. Nossa universidade é nosso lar", desabafou a professora de Relações Internacionais Ksenia Punina, com o rosto coberto por uma máscara preta com o emblema desta instituição de ensino. Uma aluna sua foi ferida a bala no estômago e operada. conta Punina. "É muito duro para toda cidade. É importante que estejamos todos juntos", disse Ekaterina Nabatova, uma ex-estudante que foi ao local homenagear as vítimas.

O Comitê de Investigação da Rússia confirmou que o autor dos disparos por arma de fogo, que foi ferido e preso pelas forças de segurança, é um estudante, mas não informou sua identidade, nem o motivo do crime. O autor foi para a universidade armado com um rifle de caça comprado em maio deste ano. Isso foi antes do endurecimento da legislação de posse de arma, decorrente de um outro tiroteio fatal em uma escola.

Segundo o porta-voz da Presidência russa, Dmitri Peskov, o jovem apresenta um quadro de transtornos mentais, o que parece excluir motivos políticos, ou religiosos.  

Mundo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MUNDO

MAIS LIDAS EM MUNDO