Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Fábio Bentes fala sobre fim de dívidas do Remo na Justiça, CT e revela orçamento para 2023

Em entrevista ao Núcleo de Esportes de O Liberal, mandatário azulino deu detalhes sobre o planejamento financeiro do Leão. 

Caio Maia

A diretoria do Remo tem sido criticada por parte da torcida após a eliminação precoce do clube na Série C do Brasileirão. Apesar do objetivo esportivo em 2022 não ter sido alcançado, o planejamento financeiro azulino continua dentro dos trilhos. Pelo menos é o que afirma o presidente remista Fábio Bentes

Em entrevista exclusiva ao Núcleo de Esportes de O Liberal, o mandatário do Leão Azul revelou quanto será o orçamento para 2023 e deu detalhes sobre o pagamento das dívidas trabalhistas do clube, que chegaram ao montante de R$ 16 milhões em 2015 e podem ser quitadas na próxima temporada.

VEJA MAIS

Presidente da FPF, Ricardo Gluck Paul diz que respeita ausência do Remo da Copa Verde 2022
Mandatário também revelou que há um esforço entre os presidentes de federação para que a Copa Verde seja mais atrativa comercialmente

Sem jogos e para ajustar as finanças, Remo demite em torno de 15 funcionários, confirma Fábio Bentes
Presidente do clube, Fábio Bentes, confirmou as demissões e informou que as saídas ocorreram com funcionários que tinham contrato de prestação de serviços

Fim da dívida com a Justiça do Trabalho

De acordo com Fábio, os débitos azulinos com a Justiça do Trabalho devem ser zerados até o final do primeiro semestre de 2023. Ele explica que o fim da dívida remista só foi possível devido a uma negociação feita pelo clube, que previa o bloqueio de cotas e patrocínios no início da temporada.

"O Remo vinha há anos pagando entre 4 e 5 milhões de dívida. Antes da nossa gestão, além desse valor, entrava muita dívida nova. Dessa forma, o clube "trocava dívida": pagava 4 a 5 milhões e formava o mesmo valor em débitos. Conseguimos fazer com que o clube não tivesse novas dívidas e negociamos vários orçamentos no início da temporada, como a cota da Copa do Brasil, a cota da Funtelpa e do Banpará", explicou.

Orçamento mantido para 2023  

Fábio Bentes diz que orçamento do Remo não mudou desde a Série B (Cristino Martins / O Liberal)

Segundo Bentes, mesmo com o pagamento desses valores à Justiça, o Remo tem orçamento anual de R$ 20 milhões. Esses valor, inclusive, tem sido mantido desde o ano passado, quando o clube disputou a Série B do Brasileirão. O presidente azulino explica que todo o planjamento anual do Leão Azul é baseado nesses números e qualquer valor extra - originado por premiação ou acesso de divisão - é realocado para outros investimentos.

Técnico Gerson Gusmão não aceita rescisão de contrato com o Remo, que busca acordo ou reapresentação
Presidente do Remo revela discordância com o treinador remista, que quer que contrato seja pago até o final de outubro

Planejamento do Remo 2023 inclui jogadores que atuaram neste ano; veja possíveis nomes
Clube pretende negociar com alguns jogadores que foram dispensados nesta temporada, porém, alguns nomes dependem do clube de origem

"O orçamento para ano que vem deve ser o mesmo que 2022. Ano passado, mesmo na Série B, tinhamos um orçamento parecido. Se por um lado em 2021 tivemos cotas de TV, em 2022 tivemos a bilheteria, que deixou as contas equalizadas. Evidentemente que a projeção financeiras que fazemos não conta com o ovo dentro da galinha. Só contamos com valores que estão certos. Por isso, que quando ocorre uma conquista, conseguimos investir em outros setores, como foi o caso do CT, que adquirimos após a classificação para a terceira fase da Copa do Brasil em 2020", explicou.

Novo aporte para pagamento do CT  

CT do Remo deve ser quitado ano que vem (@gabriel_tha / OFEC)

Sobre o centro de treinamento em Outeiro, Fábio disse que o Remo pretende fazer mais um grande aporte financeiro nos próximos meses. O objetivo é diminuir o valor das parcelas a serem pagas no restante de 2023, ano em que o financiamento da estrutura deve ser quitado.

Presidente do Remo fala em 'desvalorização da Copa Verde' e atuação de presidente da FPF; veja
Fábio Bentes disse ainda que clube opinou sobre a melhor época para a realização do torneio. 'Queríamos que fosse em janeiro'

Remo fora da Copa Verde: presidente anuncia que clube não irá participar da disputa
Mandatário azulino confirmou que clube não está na edição deste ano, após desfazer elenco da Série C

"Além da receita de sócios remidos, que usamos ano passado, prevemos uma parcela maior agora originada de parte do pagamento dos naming rights do Baenão. Estamos em tratativas com o Governo do Pará sobre o assunto. Lembrando que tudo isso estava combinado em contrato, não houve atraso no pagamento. Esse aporte fará com que o valor a ser pago no ano que vem seja ainda menor", disse.

Remo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM REMO

MAIS LIDAS EM ESPORTES