A zoeira é sem limites! Torcedores do Remo fazem 'vakinha' para colocar totem do árbitro Vuaden no Baenão

Árbitro marcou um pênalti contra o Paysandu, na decisão do acesso para a Série B em 2019

Redação Integrada

A rivalidade entre Remo e Paysandu, que dura 106 anos, ganhou mais um capítulo nesta quarta-feira (29). Após o Remo iniciar a fixação de totens com os rostos dos torcedores nas arquibancadas do Baenão, uma página feita por torcedores do Leão iniciou uma “vakinha” para arrecadar dinheiro para fazer um totem do árbitro Leandro Pedro Vuaden.

Na descrição da “vakinha”, pede para que os torcedores participem da “zoeira” e que se passar o valor de R$59,90 (unidade do totem), um novo totem, dessa vez do Mudinho, ex-funcionário do Remo que faleceu em 2015, será feito.

VUADEN

Leandro Pedro Vuaden ficou “famoso” por ter marcado um pênalti contra o Paysandu, aos 49 do segundo tempo, contra o Náutico-PE, na disputa do acesso para a Série B em 2019. O clube pernambucano empatou a partida, venceu o Papão nas penalidades e acabou com o sonho dos bicolores de retornar à Segunda Divisão.

Por essa lance, Vuaden “ganhou” o corações dos torcedores azulinos, que lembram do árbitro até hoje. Antes da partida contra o Atlético-AC, ano passado, pela Copa Verde no Baenão, a torcida do Remo levou um totem do árbitro e inúmeros torcedores foram fotografados com a imagem do árbitro.

Remo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM ESPORTES