Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Paysandu é absolvido pelo TJD e poderá jogar partidas do Parazão 2023 na Curuzu

Caso julgou incidentes do primeiro Re-Pa do ano, disputado no dia 20 de fevereiro, na Curuzu.

Caio Maia

O Tribunal de Justiça do Pará (TJD) absolveu o Paysandu nesta terça-feira (31) dos incidentes ocorridos no primeiro clássico Re-Pa do ano, válido pela 7ª rodada do Campeonato Paraense. A partida foi disputada no dia 20 de fevereiro, no estádio da Curuzu, em Belém. 

VEJA MAIS:

Meia-atacante do Paysandu exalta torcida em postagem nas redes sociais: 'A melhor de todas'
Papão venceu o Manaus na última segunda-feira (30), por 2 a 0, e o clube postou imagens da torcida nas redes

Presidente do Paysandu anuncia promoção de Dia dos Namorados para o sócio torcedor
Próximo jogo do time será contra o Ferroviária-CE, no domingo (5), às 19h, na Curuzu

Depois de sete rodadas, Remo e Paysandu voltam a ficar juntos no G8 da Série C
Dupla Re-Pa tem oscilado nas posições da tabela do campeonato

Após o confronto entre as equipes, o Paysandu foi punido com a perda de dois mandos de campo, além do pagamento de uma multa de R$ 5 mil. Na época, havia o risco do clube jogar a final do estadual, contra o próprio Remo, de portões fechados. No entanto, o jurídico bicolor conseguiu um efeito suspensivo até o julgamento do recurso.

Com a decisão final do TJD, o Papão não terá pendências para o estadual do ano que vem. Todas as partidas do Bicola, em casa, poderão ser disputadas na Curuzu. 

Paysandu
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM PAYSANDU

MAIS LIDAS EM ESPORTES