Estaca zero! Sem definição do Parazão, diretoria do Paysandu adia definição sobre elenco

Presidente bicolor garante foco no acréscimo de receita

Nilson Cortinhas

O Paysandu aguarda a definição do Campeonato Paraense 2020 para deliberar sobre o atual elenco, liderado pelo treinador Hélio dos Anjos e que é o primeiro colocado do estadual até o fechamento da oitava rodada. 

O presidente do clube, Ricardo Gluck Paul, observa um cenário de indefinições econômicas e sabe que isso pode interferir no caixa bicolor. "Estamos fazendo um trabalho de cima para baixo. Primeiro, olhando a receita que iremos ter para ter um horizonte mais claro", enfatizou. 

A folha salarial bicolor mensal se aproxima de R$350 mil. O primeiro auxílio veio da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) que adiantou R$200 mil ao clube em um projeto de recuperação diante do cenário de suspensão do calendário oficial. Sem jogos, o drama se consolida diante da não arrecadação de partidas e da provável queda nos números de programas de fidelização com torcedores, como o sócio-torcedor.  

"Depois teremos uma noção melhor. Você não pode ficar na dúvida sobre essa questão do estadual. Precisamos superar isso, superar as questões dos recursos da CBF. Depois, tentaremos fazer um desenho de despesa. Nosso foco é aumentar a receita", garantiu Ricardo.  

 

Paysandu
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM ESPORTES