Brasil sofre derrota no Mundial de Vôlei Feminino sub-18

Equipe brasileira busca reabilitação no grupo A diante do Egito

Redação Integrada

No Mundial sub-18 feminino de voleibol o Brasil foi superado pela China. No início da tarde deste domingo (8), pela quarta rodada do grupo A,

o time brasileiro entrou em quadra pela terceira vez na competição (folgou na primeira rodada) e sofreu o primeiro revés, as chinesas levaram a melhor por 3 sets a 0 (13/25, 15/25 e 23/25), em Ismailia, no Egito.

Mais uma vez o destaque verde e amarelo em quadra foi para a ponteira Ana Cristina, com 10 acertos. A maior pontuador do jogo foi a ponteira chinesa Mengjie Wu, que marcou 19 vezes.

Após a partida, o técnico do Brasil, Hylmer Dias, relatou dificuldades no passe, o que comprometeu o rendimento da equipe na virada de bola, dando mais chances para as adversárias.

“Tivemos muitos problemas no passe, o que acarretou dificuldade na nossa virada de bola. Isso gera insegurança, o que é comum nesta faixa etária. Assim acabou que não conseguimos fazer uma boa apresentação”, avaliou o treinador.

O próximo adversário da equipe brasileira será o Egito, equipe anfitriã da competição. O jogo, que vale pela quinta rodada do grupo A, será nesta segunda-feira (9), às 15h (hora de Brasília). As brasileiras e as egípcias fizeram alguns amistosos na semana que antecedeu o início do Mundial. Com esse conhecimento prévio do oponente, Hylmer espera um resultado diferente.

“Nós fizemos jogos duros contra elas antes da nossa estreia. Tivemos dificuldades nos dois amistosos, mas esperamos estar em uma noite mais feliz que hoje”, comentou o treinador do time brasileiro.

O Brasil está na disputa do Campeonato Mundial sub-18 com as levantadoras Istefani e Maria Clara; as opostas Carolina e Ana Luiza; as centrais Lívia, Julia e Kátia, as ponteiras Ana Cristina, Marcelle, Ana Cecília e Stephany, e a líbero Letícia.

Mais Esportes
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!