Paulo Romano confirma que não é mais diretor da FPF, mas permanece como vice

Romano está há duas décadas na FPF

Nilson Cortinhas

O então diretor de competições da Federação Paraense de Futebol (FPF), Paulo Romano, comunicou o seu desligamento do cargo. No entanto, Romano permanece como um dos vice-presidentes da FPF. Também assumirá a direção do Centro da Juventude. 

Em uma mensagem curta, divulgada por uma rede social, Paulo disse que o pedido de desligamento da diretoria de competição se baseou em motivos pessoais. Romano não especificou o que seria. 

O fato é que o ex-diretor de competição estava insatisfeito com a sequência de atropelos do Campeonato Paraense 2019. Ele até classificou o campeonato como um dos mais confusos da história. 

 

Leia mais

Diretor da FPF afirma que Parazão 2019 é um dos mais "confusos" da história

 

Paulo está há 21 anos na FPF. O atual presidente é Adelcio Torres. O outro vice-presidente é Maurício Bororó. 

 

Futebol