Mulheres apitam final pela primeira vez no Pará e recebem homenagem da FPF

Feito histórico ocorreu na decisão do Parazão Sub-17, entre Tuna Luso e Paysandu. 

Caio Maia
fonte

A final do Campeonato Paraense Sub-17 entre Tuna Luso  Paysandu, que ocorreu no último sábado (17), não consagrou apenas a Águia do Souza como a nova campeã estadual. A partida também marcou um feito histórico para o futebol do Pará. Pela primeira vez na história um time de arbitragem composto somente por mulheres comandou uma decisão no estado.

VEJA MAIS

image Copa do Mundo: Brasil terá dois árbitros na competição e primeira brasileira na arbitragem
A competição que iniciará no dia 20 de novembro contará com a participação dos árbitros Raphael Claus e Wilton Pereira Sampaio; cinco auxiliares também estarão na competição, sendo que Neuza Beck é a primeira mulher brasileira na arbitragem

image Árbitra paraense Bárbara Loiola fará teste para o quadro da FIFA em Goiânia
Teste devem ocorre no dia 6 de setembro e definirá os nomes para o quadro de arbitragem da organização para 2023

image Meia do Náutico é expulso, parte para cima de árbitra e é contido por volante ex-Remo; assista
Lance ocorreu na final do Campeonato Pernambucano entre Retrô e Náutico

O quinteto de arbitragem para do duelo foi composto pela árbitra principal Gleika Pinheiro, auxiliada pelas bandeirinhas Bárbara Loiola e Nayara Lucena. Elaine Melo e Vânia Mendes atuaram como quarta e quinta árbitras respectivamente.

Emoção

A Federação Paraense de Futebol (FPF) homenageou as árbitras pelo feito. Cada uma recebeu uma placa comemorativa da partida. A árbitra Gleika Pinheiro não conteve a emoção ao receber o presente.

"Passou um filme na minha cabeça desde quando me formei, em 2017. Quando eu olhei a foto, e ele (presidente Ricardo Gluck Paul) me abraçou, eu não me contive e comecei a chorar, por lembrar de tudo que eu já passei. Fiquei muito grata, muito grata mesmo", comemorou Gleika Pinheiro.

Copa do Mundo

Na Copa do Mundo de 2022, a arbitragem feminina também marcou história. A partida entre Alemanha e Costa Rica, válida pela terceira rodada do Grupo E do Mundial, foi apitada pela francesa Stéphanie Frappart. Ela foi auxiliada por duas outras mulheres, a brasileira Neuza Back e a mexicana Karen Diaz Medina. Foi a primeira vez que três mulheres comandaram uma partida da Copa do Mundo masculina.

Futebol
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM FUTEBOL

MAIS LIDAS EM ESPORTES