Copa do Mundo 2022: Conheça as tendas montadas para receber turistas e jornalistas; vídeo

Torcedores de todos os países foram até o local para acompanhar o Mundial do Catar

Abner Luiz e Andre Gomes
fonte

O Sol nasce para todos em Doha, no Catar. Mas nem todos possuem as mesmas condições ao viajar para o rico país no Oriente Médio. Pensando nisso, o governo local criou hospedagens com preços "populares" que apresentam um verdadeiro contraste: vista de janela de hotel cinco estrelas, com uma estrutura bem longe disso. Abner Luiz, repórter enviado pelo Grupo Liberal para cobrir a Copa do Mundo 2022, contou essa história.

 

 

O Qetaifan Island Fan Village é uma vila montada com tendas especialmente para acomodar as várias caravanas de torcedores que partiram para o Catar, na expectativa de acompanhar a Copa do Mundo. De acordo com a propaganda feita pela FIFA do lugar, o lugar é acessível e permite aos apaixonados por futebol 'viver a atmosfera do torneio'.

No entanto, um dos brasileiros que está no local, o pernambucano Caio Matinelli, não hesitou em tecer críticas à estrutura comparado aos preços: "É um ambiente bem legal, mas é um valor bem exorbitante e até pelas condições que foram pagas, acho que é um valor injusto, pelo tipo de habitações que a gente encontra aqui. Esperava um pouco mais", afirmou Caio.

VEJA MAIS

image Copa do Mundo 2022: torcedores paraenses acompanham o Brasil no Catar
Alguns torcedores do Pará deram a volta ao mundo para viver o sonho de estar em uma Copa do Mundo

image Richarlison doou oxigênio para Manaus e adotou onça; confira outras causas apoiadas pelo jogador
Atacante da Seleção Brasileira é ativo na luta contra o racismo, preconceito e a favor da ciência

Os comentários de Caio não são à toa. A vila, que possui mais de mil unidades de tendas em lona, fica distante de Doha. Quem decide fazer a reserva paga uma diária de 150 dólares, pouco mais de R$ 811.

Os fãs usam banheiros compartilhados e os alojamentos são divididos por três setores que são separados por grades. O café da manhã chega às 6h, e para deixá-lo na tenda do consumidor, custa cinco dólares (R$ 27). A segurança do local é feita por quenianos que buscavam trabalho no Catar. Quem entra local são identificados e revistados.

Outro brasileiro que está na vila, Ítalo Gabler também conversou com a reportagem e mostrou o local em que está hospedado. Uma das reclamações de torcedores do mundo todo que estão na vila é o forte calor durante o dia. Ítalo diz que só o ventilador de sua tenda não é o bastante. Ainda assim, o brasileiro garante que a experiência vale a pena, e que em 2026, na Copa dos EUA, México e Canadá, vai marcar presença:

"Vale, sem dúvidas vale muito a pena. Fui à Russia, quatro anos atrás. Hoje estou aqui [no Catar] e estarei na próxima, nos Estados Unidos [em 2026], se Deus quiser", concluiu.

Acompanhe a cobertura completa da Copa do Mundo do Catar pelo portal OLiberal.com.

Copa do Mundo
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM ESPORTES

MAIS LIDAS EM ESPORTES