Belém foi a capital com votação mais acirrada entre Lula e Bolsonaro, diz levantamento

Na capital paraense, o petista obteve vantagem de 2,53 pontos percentuais sobre o candidato do PL

O Liberal
fonte

Em Belém, o candidato Luís Inácio Lula da Silva (PT) registrou 45,74% dos votos válidos nas eleições presidenciais do último domingo (2), enquanto Jair Bolsonaro (PL) obteve 43,21%. A diferença é de apenas 2,53 pontos percentuais. Levantamento da CNN mostra que esse foi o resultado mais acirrado na votação entre as 27 capitais brasileiras.

Na análise das capitais, o candidato à reeleição ficou à frente em 16 delas, incluindo Brasília (DF), enquanto o ex-presidente liderou em 11. Já nos estados, Lula saiu à frente e venceu em 14, contra 13 (incluindo o Distrito Federal) de Bolsonaro.

Além de Belém, outras quatro capitais registraram uma diferença menor do que a média geral do país, de 5,23 pontos percentuais. É o caso de João Pessoa (2,9 pp), Florianópolis (3,24 pp), Rio de Janeiro (3,53 pp), Belo Horizonte (4,07 pp) e Macapá (5,1 pp).

No outro extremo da lista, as capitais com a maior diferença de votação foram Boa Vista (53,14 pp), Salvador (42,92 pp) e Rio Branco (37,73 pp).

Veja o ranking da menor para a maior diferença entre Lula e Bolsonaro

Belém (PA) – Lula, 45,74%; e Bolsonaro, 43,21% (2,53 pp)

João Pessoa (PB) – Lula, 47,38%; e Bolsonaro, 44,48% (2,9 pp)

Florianópolis (SC) – Bolsonaro, 45,67%; e Lula, 42,43% (3,24 pp)

Rio de Janeiro (RJ) – Bolsonaro, 47,00%; e Lula, 43,47% (3,53 pp)

Belo Horizonte (MG) – Bolsonaro, 46,60%; e Lula, 42,53% (4,07 pp)

Macapá (AP) – Bolsonaro, 45,98%; e Lula, 40,88% (5,1 pp)

Vitória (ES) – Bolsonaro, 48,18%; e Lula, 41,92% (6,26 pp)

Maceió (AL) – Bolsonaro, 49,59%; e Lula, 40,43% (9,16 pp)

São Paulo (SP) – Lula, 47,54%; e Bolsonaro, 37,99% (9,55 pp)

Porto Alegre (RS) – Lula, 49,83%; e Bolsonaro, 39,11% (10,72 pp)

Brasília (DF) – Bolsonaro, 51,65%; e Lula, 36,85% (14,80 pp)

Recife (PE) – Lula, 54,03%; e Bolsonaro, 39,22% (14,81 pp)

Aracaju (SE) – Lula, 52,56%; e Bolsonaro, 37,08% (15,48 pp)

Manaus (AM) – Bolsonaro, 53,55%; e Lula, 37,02% (16,58 pp)

Palmas (TO) – Bolsonaro, 54,70%; e Lula, 38,06% (16,64 pp)

Fortaleza (CE) – Lula, 53,20%; e Bolsonaro, 35,17% (18,03 pp)

Cuiabá (MT) – Bolsonaro, 55,15%; e Lula, 36,48% (18,67 pp)

Campo Grande (MS) – Bolsonaro, 54,56%; e Lula, 34,57% (19,99 pp)

São Luís (MA) – Lula, 56,50%; e Bolsonaro, 34,40% (22,1 pp)

Natal (RN) – Lula, 50,15%; e Bolsonaro, 27,85% (22,3 pp)

Porto Velho (RO) – Bolsonaro, 56,83%; e Lula, 34,21% (22,62 pp)

Goiânia (GO) – Bolsonaro, 56,09%; e Lula, 33,08% (23,01 pp)

Curitiba (PR) – Bolsonaro, 55,26%; e Lula, 31,42% (23,84 pp)

Teresina (PI) – Lula, 62,37%; e Bolsonaro, 28,63% (33,74 pp)

Rio Branco (AC) – Bolsonaro, 64,03%; e Lula, 26,30% (37,73 pp)

Salvador (BA) – Lula, 66,99%; e Bolsonaro, 24,07% (42,92 pp)

Boa Vista (RR) – Bolsonaro, 72,26%; e Lula, 19,12% (53,14 pp)

 
Eleições
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS EM ELEIÇÕES

MAIS LIDAS EM ELEIÇÕES

1

POLÍTICA

Radical que quebrou relógio trazido por Dom João VI é identificado em grupo de WhatsApp em Goiás

A peça foi desenhada por André-Charles Boulle e fabricada pelo relojoeiro francês Balthazar Martinot no final do século XVII

2

POLÍTICA

Pecuaristas de Xinguara, no Pará, usavam PIX de loja de informática para financiar atos golpistas

Depósitos iam para a USA Brasil, loja da cidade que é associada ao empresário Ricardo Pereira da Cunha

3

Proposta

Profissionais do Pará se posicionam sobre projeto de lei quer pôr fim a 106 profissões

Medida pede ainda fim da obrigatoriedade da aprovação no exame da OAB para exercício da advocacia

4

POLÍTICA

Se reeleito, Arthur Lira diz que garantirá liberdade de Bolsonaro, segundo site

Lira é o atual presidente da Casa e está em campanha para se eleger em um novo mandato