Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Sudam e Governo do Pará debatem ações para o desenvolvimento do Estado

Encontro contou com a participação da titular da Sudam, Louise Caroline Campos Löw, e do governador Helder Barbalho

O Liberal

Reunião realizada nesta quinta-feira (2), no Palácio dos Despachos, em Belém debateu as possibilidades de convênios, parcerias e atuações conjuntas entre o Governo do Pará e a Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia (Sudam), para o desenvolvimento regional do Estado. As informações são da Agência Pará. 

"É importante que possamos auxiliar no fortalecimento da Sudam para que cada vez mais ela atue na contribuição do desenvolvimento dos estados. Saibam que o Governo do Pará está pronto, à disposição e sempre desejoso para que a Sudam esteja ao nosso lado, em favor dos amazônidas, que moram no Pará, e que possamos fazer cada vez mais da agenda do desenvolvimento, da geração de empregos e da transformação social, principalmente, neste momento em que estamos debatendo qual o modelo queremos para o futuro”, declarou o governador Helder Barbalho.

Desenvolvimento amazônico

Ele ressaltou a importância estratégica da Sudam para atuar alinhada com os estados neste momento em que estão atualizando o modelo de desenvolvimento socioeconômico. “A Sudam certamente foi um dos órgãos mais importantes na industrialização de toda essa região. Agora nós passamos a trabalhar para ter um modelo de sustentabilidade e bioeconomia com uma pecuária e agricultura sustentáveis. É com esse olhar que nos desafiamos em favor do futuro”.

O evento contou ainda com a presença da titular da Sudam, Louise Caroline Campos Löw e técnicos do Poder Executivo Estadual.

A agenda faz parte do projeto “Sudam nos Estados – Diálogos com quem promove o desenvolvimento regional na Amazônia Legal”, que já passou por oito estados da Amazônia Legal, encerrando o trabalho itinerante no Pará. O objetivo é coletar subsídios e propor medidas que facilitem o acesso dos estados, municípios, setores produtivos e outros atores aos recursos federais, por meio dos instrumentos de ação da Superintendência. Informações e propostas sobre a execução de convênios e projetos estratégicos que possam melhorar a qualidade de vida da população foram assunto central das rodadas.

“Além de levar nossos instrumentos de trabalho para o conhecimento de todos, também buscamos ouvir as demandas e assim modularmos nossas ações”, explicou a superintendente da Sudam, Louise Caroline Campos Löw.

Ações conjuntas

Sobre as ações conjuntas com o Governo do Estado, ela destacou o convênio em andamento para realizar toda reestruturação do Porto de Icoaraci, que está sob análise da Sudam. “É uma grande vitória do Estado que vai melhorar a qualidade de vida da população e trazer mais geração de emprego e renda. Além disso, temos outros projetos em andamento como, por exemplo, uma revitalização na ladeira do Castelo em Belém”, adiantou. 

Os incentivos fiscais (benefícios tributários como isenção de impostos a empresas instaladas na Amazônia), ferramenta que gera emprego e renda,  também estiveram no foco das discussões. Além de proposição de medidas conjuntas com federações da indústria, comércio, entre outros, para melhorar a performance dos incentivos, alcançando mais beneficiários.

A ideia é que os dados possam subsidiar a elaboração das Diretrizes e Prioridades do Fundo Constitucional de Financiamento do Norte (FNO), do Fundo de Desenvolvimento da Amazônia (FDA) e outras ferramentas da Sudam para fomentar o desenvolvimento includente e sustentável das localidades.

Palavras-chave

Economia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM ECONOMIA

MAIS LIDAS EM ECONOMIA