Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Sebrae inicia campanha de renegociação para pequenos negócios

Ação é voltada para microempresas e empresas de pequeno porte e pode atender cerca de 800 pequenos empreendimentos em todo o Estado.

Tay Marquioro

O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) realiza até o próximo dia 30 de junho uma campanha nacional que tem o objetivo de apoiar pequenos empreendimentos na renegociação de dívidas com instituições financeiras. "Essa é uma forma que nós encontramos de ajudar as empresas que fizeram solicitação de crédito durante a pandemia e ficaram inadimplentes", afirma a gerente de relacionamento do Sebrae em Marabá, Alrilene Silva. 

No Brasil, o porte de um empreendimento é determinado de acordo com o seu faturamento anual. "Microempreendedores Individuais (MEI) têm faturamento de até R$81 mil por ano. As Micoempresas (ME) são as que faturam até R$360 mil por ano. Já as Empresas de Pequeno Porte (EPP) têm um faturamento que pode chegar a R$4,8 milhões anualmente. E é para esses dois últimos públicos que nós estamos fazendo essa campanha", explica a gerente.

Durante a campanha, o empreendedor vai contar com todo o tipo de orientação técnica e consultoria necessárias para buscar a melhor forma de renegociar suas dívidas. No Pará, o Sebrae estima atender a cerca de 800 empresas que estão nessa condição. "O empreendedor inadimplente fica irregular, não consegue acessar linhas de crédito junto a instituições financeiras e, dependendo do tempo de inadimplência, a Receita Federal pode ainda inativar essa empresa", alerta Alrilene. "Estamos desenvolvendo essa campanha em parceria com o Banco do Brasil e a Caixa. Já as nossas consultorias estão disponíveis pela internet no endereço www.pa.sebrae.com.br, em custo algum".

Os dados mais recentes da Receita Federal apontam que, no Pará, existem 405.921 micro e pequenos negócios. Belém é o município líder em números de Microempreendedores Individuais (MEIs), ME e EPP. Os setores com maior número de pequenos empreendimento são o de comércio de artigos de vestuário e acessórios (33.631) e o comércio de mercadorias em geral, minimercados e mercearias (21.247).

Economia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM ECONOMIA

MAIS LIDAS EM ECONOMIA