Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Prefeitura de Belém e servidores municipais realizam nova rodada de negociação

Município propôs o pagamento adiantado para o próximo mês de junho

O Liberal

A Prefeitura Municipal de Belém e representantes dos servidores municipais realizaram nova rodada de negociação salarial nesta terça-feira (16), no Centro de Formação de Professores Paulo Freire. O Município propôs para o próximo mês de junho o adiantamento do reajuste de 4,82% que seria pago em agosto, referente a perdas inflacionárias de 2021 e do adiantamento (de outubro para agosto) de 4,52% do déficit salarial baseado na inflação do período de 2022, dos servidores.

Os trabalhadores não entenderam a proposta como satisfatória, principalmente para os de menor remuneração. De acordo com o Fórum dos servidores, será realizada uma assembleia das categorias na próxima quarta-feira (18), para debater os próximos passos do movimento do funcionalismo municipal.

As pautas da campanha salarial 2022 são o realinhamento do salário base ao salário mínimo; vale-alimentação no valor de R$ 575; reestruturação do Instituto de Assistência à Saúde dos Servidores Públicos do Município de Belém (IASB); implementação de políticas estabelecidas no Plano Plurianual (PPA).

Marcaram presença no encontro desta segunda, representando a Prefeitura de Belém, Jurandir Novaes, titular da secretaria municipal de Administração (Semad); Luiz Araújo, secretário de Contas de Belém; Káritas Rodrigues, titular da secretaria de Finanças (Sefin); Débora Bermerguy, coordenadora do Núcleo Setorial de Planejamento da Sefin; e Edilson Rodrigues, diretor-geral da Secretaria Municipal de Coordenação Geral de Planejamento e Gestão (Segep).

As propostas de adiantamento, de acordo com a própria Prefeitura, “ratificam o compromisso do prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues, em não descuidar da valorização do servidor público municipal, independentemente da quantidade de reparos, grandes obras estruturantes e dos projetos de cunho social que estão em pleno andamento pelos quatro cantos da cidade”.

A mesa de negociação com os sindicalistas, ocorrida há um ano, chegou a um acordo para a recomposição de toda a inflação de 2021 (10,06%), a partir da divisão desse pagamento no presente ano em duas parcelas (a primeira já paga) para todos os servidores que tinham vencimento base abaixo de R$ 1.212,00.

“Vale lembrar que, desde o mês de janeiro deste ano, o valor do vale-alimentação recebeu um reajuste de R$ 100,00, passando de R$ 270,00 para R$ 370,00, incluindo a extensão do pagamento do benefício a mais 3.371 servidores e servidoras esquecidos e esquecidas pelas gestões passadas - o equivalente a 27,4% do total”, conclui a Prefeitura.

Economia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM ECONOMIA

MAIS LIDAS EM ECONOMIA