Mais Crédito Solidário é liberado para trabalhadores autônomos de Mosqueiro

Programa já soma R$ 414 mil investidos na ilha, com 128 pessoas contempladas

Emilly Melo
fonte

O programa Mais Crédito Solidário, desenvolvido pela Prefeitura de Belém, está liberando mais de R$ 22 mil para trabalhadores autônomos do distrito de Mosqueiro. Nesta fase, sete pessoas foram beneficiadas e recebem entre R$ 2,5 mil e R$ 3,5 mil cada. Os contratos de crédito foram assinados na sede do Banco do Povo de Belém, nesta sexta-feira (4). Com informações da Agência Belém.

VEJA MAIS

image Beneficiárias do Bora Belém acessam crédito solidário com juro zero
O programa oferece financiamento de até R$ 5 mil para pessoa física e até R$ 10 mil para pessoa jurídica

image Caixa suspende novos empréstimos consignados do Auxílio Brasil até dia 14; entenda o motivo
Desde o início da operação, já foram concedidos R$ 5,5 bilhões em crédito aos beneficiários

image Como se cadastrar no Auxílio Brasil; saiba onde fazer o empréstimo e como sacar
O empréstimo consignado é uma nova modalidade de crédito que terá seus descontos feitos diretamente no valor pago aos beneficiários

Os investimentos na ilha somam R$ 414 mil e já contemplaram 128 pessoas. Nos próximos dias, mais 32 pequenos empreendedores serão beneficiados nas áreas urbana e rural do distrito.

Apoio aos trabalhadores

Jéssica de Souza, 28 anos, e Jacinto Bacelar, 58, que trabalham com a venda de água, refrigerante e coco na praça da Vila, estão recebendo R$ 3 mil cada um. O crédito será pago em 12 parcelas com juro de 0,6% (percentual para permissionários da Prefeitura de Belém). 

"O crédito vai me ajudar muito para comprar mercadoria", disse Jéssica, que tira o sustento da família dessa atividade. "Veio na hora certa. Vem o Círio de Mosqueiro e o final de ano. A gente já vai repondo mercadoria”, comemorou Jacinto, que trabalha há 30 anos no ramo junto com a família. 

“O comércio de Mosqueiro vive em função do calendário. A economia da ilha é aquecida pela frequência de público nos finais de semana e nos feriados. Estamos atendendo agora vendedores ambulantes e pequenos comerciantes com capital para repor o estoque e também para investir na melhoria do negócio, como a aquisição de equipamentos", observa o agente de crédito do Banco do Povo, Gilvan Cleber Nascimento. 

(*Emilly Melo, estagiária, sob supervisão de Keila Ferreira, coordenadora do Núcleo de Política)

Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp e Telegram 📱
Economia
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM ECONOMIA

MAIS LIDAS EM ECONOMIA