Marinha abre dois concursos com 134 vagas no Pará

Aprovados é um dos certames serão incorporados como Praças-Especiais ou Oficiais temporários de 2ª Classe da Reserva da Marinha

Redação Integrada

Duas seleções da Marinha do Brasil têm vagas abertas em território paraense. O primeiro concurso é para Serviço Militar Voluntário (SMV) de profissionais que tenham nível superior, com 437 oportunidades em todo o país, para diferentes áreas do conhecimento, incluindo saúde, engenharia, magistério e áreas técnicas. Os aprovados serão incorporados como Praças-Especiais ou Oficiais temporários de 2ª Classe da Reserva da Marinha (RM).

Há 20 vagas disponíveis no 4º Distrito Naval (DN), que engloba Amapá, Pará, Maranhão e Piauí. Há ainda 222 chances no 1º DN (Rio de Janeiro, Espírito Santo e sudeste de Minas Gerais); 21 no 2º DN (Bahia, Sergipe e norte e sudoeste de Minas Gerais); 26 no 3º DN (Ceará, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Paraíba e Alagoas); 18 no 5º DN (Rio Grande do Sul e Santa Catarina); 14 no 6º DN (Mato Grosso e Mato Grosso do Sul); 20 no 7º DN (Tocantins, Goiás e Distrito Federal); 64 no 8º DN (São Paulo, Paraná e sul de Minas Gerais); e 32 no 9º DN (Roraima, Acre, Amazonas e Roraima).

Todas as vagas exigem diploma de graduação mais registro profissional no respectivo órgão competente - no edital é possível ver quais são as habilitações específicas necessárias para ingresso em cada área aberta. Para concorrer é preciso ter idade mínima de 18 anos e máxima de 40 no dia da incorporação. O serviço militar voluntário terá prazo máximo de oito anos.

As inscrições ficarão abertas até o dia 31 de janeiro, nos portais dos respectivos Comandos dos Distritos Navais. Basta acessar o site da Marinha - www.marinha.mil.br -, escolher o DN que quer participar, ler o respectivo Aviso de Convocação, preencher o formulário online e efetuar o pagamento de taxa de inscrição no valor de R$ 130. Haverá sete etapas do concurso, começando com uma prova objetiva, aplicada a todos os inscritos e prevista para o dia 28 de março.

Após a prova, haverá a verificação de dados biográficos e documental, para conferir se o candidato possui bons antecedentes de conduta para prestar serviço militar. Nessa fase, é preciso entregar os seguintes documentos exigidos em edital: CPF e documento de identidade original com foto; comprovante de inscrição; certidão de nascimento ou casamento; certidão de reservista ou quitação com o serviço militar; comprovante de residência; e diploma de graduação na área pleiteada e registro profissional.

Em terceiro lugar haverá a inspeção de saúde, para os candidatos aprovados nas duas primeiras etapas do concurso. Serão realizados exames clínicos e complementares, audiometria, oftalmologia geral, biometria e exame odontológico geral. A inspeção também requer que os candidatos apresentem exames de sangue e laboratoriais. A quarta fase será o teste de aptidão física, para avaliar as condições físicas dos candidatos, por meio de provas de natação e corrida.

O certame ainda conta com prova de títulos, em que será avaliada a formação acadêmica e experiência profissional; designação à incorporação, em que os selecionados participarão de um período de adaptação de 11 semanas do Estágio de Adaptação e Serviço (EAS) ou do Estágio de Serviço Técnico, em regime de internato, complementado pelo Estágio de Qualificação de Prática Militar-Naval; e a incorporação, última etapa da seleção.

Outro concurso

Outro concurso da Marinha será o de soldados fuzileiros navais, cuja seleção é para as turmas I e II de 2022 do curso de formação de Soldados Fuzileiros Navais (C-FSD-FN/2022). São ofertadas, no total, 960 vagas para diferentes Organizações Militares pelo Brasil - 20% estão reservadas para candidatos negros. Apenas em Belém, há 114 vagas para servir no 2º Batalhão de Operações Ribeirinhas, sendo 68 da turma I e 46 da turma II.

O restante das vagas é distribuído da seguinte forma: 530 oportunidades para as Unidades da Marinha do Brasil no Rio de Janeiro (RJ), sendo 260 da turma I e 270 da turma II; 15 para as Unidades da Marinha do Brasil em Brasília (DF), sendo 10 da turma I e 5 da turma II; 42 para o Grupamento de Fuzileiros Navais de Rio Grande (RS), sendo 20 da turma I e 22 da turma II; 79 para o 3º Batalhão de Operações Ribeirinhas, em Ladário (MS), sendo 53 da turma I e 26 da turma II; 98 para o 1º Batalhão de Operações Ribeirinhas, em Manaus (AM), sendo 40 da turma I e 58 da turma II; 35 para o Grupamento de Fuzileiros Navais de Natal (RN), sendo 9 da turma I e 26 da turma II; 45 para o Grupamento de Fuzileiros Navais de Salvador (BA), sendo 20 da turma I e 25 da turma II; e 2 para o Batalhão de Defesa Nuclear, Biológica, Química e Radiológica de Aramar, em Iperó (SP), na turma II.

Poderão concorrer a uma das vagas do concurso os candidatos do sexo masculino que tenham ensino médio completo, idade entre 18 anos completos e menos de 22 anos de idade no primeiro dia do mês de janeiro 2022, altura mínima de 1,54m e máxima de 2m, entre outros requisitos gerais que estão disponíveis no edital.

As inscrições para o concurso de soldados fuzileiros navais devem ser realizadas entre os dias 22 de fevereiro e 26 de março, por meio do pelo site oficial da Marinha. É necessário pagar o boleto no valor de R$ 25. A isenção de taxa será concedida a candidatos que forem registrados no CadÚnico e membros de família com renda mensal per capita de até meio salário mínimo nacional, ou doadores de medula óssea em entidades reconhecidas pelo Ministério da Saúde.

No certame, serão realizadas as seguintes etapas: exame de escolaridade, com prova escrita; verificação de dados biográficos; inspeção de saúde, com avaliação médica a partir de exames entregues pelos candidatos e procedimentos médico-periciais; teste de aptidão física, com exercícios físicos para avaliar a capacidade física do candidato, incluindo natação, corrida, flexão na barra e abdominal; avaliação psicológica; verificação de documentos; procedimento de heteroidentificação; e exame de escolaridade, com prova escrita objetiva.

O curso de formação de soldados fuzileiros navais possui duração de 17 semanas e será conduzido no Centro de Instrução Almirante Milcíades Portela Alves (CIAMPA), no Rio de Janeiro (RJ), e no Centro de Instrução e Adestramento de Brasília (CIAB), em Brasília (DF). Ao concluir o curso, o candidato será designado para servir em Organização Militar (OM) da Marinha do Brasil sediada em qualquer parte do território nacional, de forma a realizar o estágio inicial, com duração de 12 meses.

Serviço

- Concurso da Marinha do Brasil

Inscrições: até 31/01, pelo site

Taxa: R$ 130

Vagas: 20 no Pará, 437 no país

- Concurso da Marinha do Brasil

Inscrições: de 22/02 a 26/03, pelo site www.marinha.mil.br

Taxa: R$ 25

Vagas: 114 em Belém, 960 no país

Concurso e Emprego
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS CONCURSO E EMPREGO