Theatro da Paz recebe o espetáculo 'Quebra-Nozes'

O clássico será encenado pelo Centro de Dança Ana Unger, nestes sábado e domingo, 7 e 8

Ana Carolina Matos

Apresentado pela primeira vez em dezembro de 1892, na cidade de Petersburgo, na Rússia, o espetáculo "O Quebra-Nozes" ganha os palcos do Theatro da Paz. Ao longo de mais de 100 anos de existência, o clássico vem encantando gerações. O balé de repertório, ou seja, que conta uma história por meio da linguagem da dança, será apresentado nos dias 7 e 8 de dezembro, pelo Centro de Dança Ana Unger, às 20h e 19h, respectivamente. Os ingressos podem ser adquiridos na bilheteria do Da Paz ou por meio do www.ticketfacil.com.br.

Em 2019, a montagem recebe cenários virtuais assinados por Roberta Carvalho, cenários pintados à mão por Carlos Dalarmelino, elementos cênicos assinados por Ribamar Monteiro e Felipe Pôjo e a participação de um elenco de crianças, jovens e bailarinos profissionais. "O "Quebra-Nozes" é uma tradição, um clássico no mundo inteiro. O Tchaikovsky te dá uma música perfeita pros movimentos da dança. Por isso todas as escolas fazem essa montagem há 100 anos. É muito prazeroso e também te dá a oportunidade de recriar em cima da história, fazer adaptação, introduzir crianças sem quebrar o repertório clássico", detalha Ana Unger, diretora do espetáculo.
 
Neste ano, a produção traz um elenco formado apenas por paraenses da companhia de Ana Unger:  Bruna Pôjo interpreta Clara; Arthur Furtado faz o papel de Quebra Nozes; Yasmin Souza e Tiago Assis dão vida à Fada Açucarada e o Cavalheiro; Paulo César Moraes interpreta o Boneco Africano e a bailarina Victória Cristine faz o papel da Boneca de Corda. Além deles, há ainda a participação de todos as alunos do centro de dança.
 
"A gente chegou num ponto em que estamos muito orgulhosos. Nós sempre convidávamos solistas de fora pra fazer os papeis principais e agora o elenco é todo formado no Centro de Dança", destaca Ana Unger.  "Para fazer os solistas, existe uma exigência técnica muito grande. Eles vão dançar um grand pas na íntegra, então tem que ter um nível técnico apurado pra fazer um solo como esse", ressalta a diretora.
O clássico de natal que encanta gerações (Felipe Pôjo/ Divulgação)
 
Tradição

Em Belém, o "Quebra-Nozes" é apresentado pelo Centro de Dança Ana Unger desde 2003. Seis anos depois, o espetáculo foi encenado com a participação especial da Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz (OSTP). Em 2012, a montagem recebeu os bailarinos convidados Welton Nascimbene e Marília Guilharducci.  "Já produzimos cinco vezes mas cada vez é diferente. Algumas cenas a gente mantém porque são icônicas, como por exemplo a batalha dos ratos e soldados, que é uma cena muito dinâmica e a cena dos flocos de neve, um ápice no final do primeiro ato", pontua Ana Unger.

Em 2016, a produção ganhou ainda uma versão mergulhada na cultura nortista, onde retratou também a história da castanha-do-pará. A ideia foi resgatar a importância das operárias das usinas de beneficiamento para a economia paraense.
 
Agende-se:
Espetáculo "O Quebra-Nozes"
Dias 7 e 8 de dezembro, às 20h e 19h, respectivamente
Theatro da Paz (Avenida Presidente Vargas, S/N)
Ingressos na bilheteria do teatro ou pelo www.ticketfacil.com.br
Informações: (91) 3241-4130
Cultura
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM CULTURA