Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Ney Matogrosso relembra relacionamento afetivo com Cazuza, no 'É de Casa'

Ele abriu o coração em entrevista a Cissa Guimarães, que recordou 30 anos sem o cantor e compositor

Redação Integrada

Ney Matogrosso roubou a cena na edição do "É de Casa", deste sábado, 4. Numa rara entrevista ele falou abertamente sobre o relacionamento afetivo que teve com Cazuza, que completará 30 anos de falecido no próximo dia 7. "Parecia que a luz do mundo tinha se apagado, só restando nós dois", desabafou para Cissa Guimarães.

Nos curta no Facebook para acessar as principais notícias do dia, lives e promoções. Clique aqui

 O assunto costumava ser velado para Ney Matogrosso, que chegou a conseguir na justiça o impedimento para que um livro biográfico do autor de "O Nosso Amor A Gente Inventa". Mas, nos últimos anos, ele começou a falar do assunto.   

Ele recordou que ouviu falar de Cazuza, pela primeira vez, através da mãe dele, Lucinha Araújo: "Estava em uma loja e uma moça veio falar comigo. Disse que tinha um filho, cuja avó prendia o cabelo como o meu e o pedia para cantar, chamando-o de 'Meu Ney Matogrosso'. Achei engraçado. Só fui conhecê-lo pessoalmente anos depois, quando ele já tinha 20 anos".

Ney contou que, na primeira vez que se viram, Cazuza foi levado até a casa dele por amigos em comum. "Estava no quarto com uma amiga, que me disse que o Cazuza estava na minha casa. Pedi a ele que entrasse. Senti o impacto, em dez minutos eu já tava olhando para ele (...) Cazuza me pediu um beijo, o que na época era muito usual, nos beijamos e parecia que a luz do mundo tinha se apagado, só restando nós dois. A paixão durou cerca de três meses, tivemos um entrevero, mas logo depois voltamos às boas."

Na época, Cazuza ainda era anônimo. Os dois chegaram a fazer aparições públicas juntos. E o veterano recordou que Cazuza costumava cantarolar o repertório de Cartola quando saíam juntos de carro.

Ney contou ainda que, após Cazuza ter atingiu uma carreira de sucesso na música, eles mantiveram bom relacionamento. Inclusive, Ney chegou a gravar a canção "Pro Dia Nascer Feliz", antes do próprio autor, Cazuza. Ele recordou que Cazuza enviou a canção para que ele opinasse e Ney, que estava gravando um disco em estúdio, anunciou que iria incluir a canção no disco dele, mesmo diante da resistência inicial dele, que também queria gravar a faixa.

Mais recentemente, Ney Matogrosso gravou dividiu os vocais com Cazuza em "Dia dos Namorados", canção que havia sido gravada por ele, mas nunca tinha sido lançada.

 

Televisão
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM TELEVISÃO

MAIS LIDAS EM CULTURA