CNN Brasil encosta na audiência da GloboNews com ibope de Band

O novo canal por assinatura de jornalismo estreou no último domingo (15) em todo o Brasil

Redação Integrada com informações do Na Telinha

A CNN estreou no Brasil encostanda no principal canal de jornalismo da televisão paga a GloboNews e o com um alcance no ibope igual ao da Band na TV paga. O novo canal começou a ser transmitido às 20h de domingo (15), com o CNN no Ar, que foi exibido até às 23h35. O telejornal apresentado por Reinaldo Gottino e Monalisa Perrone registrou 0,8 ponto no mercado nacional de televisão por assinatura, contra 1,1 da GloboNews, no mesmo horário, segundo dados prévios do Ibope Kantar.

A primeira transmissão da CNN foi uma das maiores audiências na faixa horária. O novo canal e a GloboNews foram os canais de TV paga que deram mais audiência. Em seguida, vieram dois canais também do Grupo Globo o Multishow (0,7 ponto), o SportTV (0,5 ponto) e a ESPN que teve 0,3. Os outros canais de jornalismo do mercado por assinatura, BandNews e Record News marcaram 0,1 ponto cada.

A CNN Brasil ainda teve o feito de alcançar o ibope de uma emissora de TV aberta. Na televisão por assinatura, a Band também marcou 0,8 ponto das 20h às 23h35.

Os picos de audiência foram com a cobertura ao vivo do coronavírus, com uma conversa ao vivo com o presidente Jair Bolsonaro, e uma entrevista exclusiva do ex-presidente da CBF, Ricardo Teixeira, após três anos de silêncio.

O canal de notícias da Globo mudou a programação normal. A emissora convocou todo o elenco para um plantão especial sobre o coronavírus, com mais de quatro horas sem intervalos comerciais. Na mesma faixa, a CNN exibiu seis breaks.

Televisão
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM CULTURA