Projeto Violão Solidário reúne artistas de rock, samba e chorinho em show gratuito

Será neste domingo, 8, a partir das 9 horas, no anfiteatro da Praça da República

Redação Integrada

Artistas renomados como Sammliz, Trio Lobita, Allan Carvalho e Pedro Vianna se apresentam ao lado dos alunos do projeto Violão Solidário, neste domingo, 8, a partir das 9 horas da manhã, no anfiteatro da Praça da República. O concerto marca o encerramento do primeiro ano da ação, que ensina musicalização a cerca de 90 alunos de escolas públicas com aulas gratuitas de Diego Santos e Nego Nelson. O show promete variados estilos, do rock, ao samba e ao chorinho. 

A aluna do 9º ano da Escola Estadual Rui Barbosa, Daieny Fernandes, fala da expectativa para o primeiro concerto da carreira. “Eu sempre achei bonito tocar violão e depois de ter escutado sobre toda história do guitarrista americanos Robert Johnson, passei a ter mais vontade de aprender a tocar. As oficinas me incentivaram, mais ainda, a continuar, porque eu realmente já pensei em criar muitas coisas, já que eu tenho muitas inspirações para poemas”.

O primeiro módulo de oficinas, com 30 estudantes, aconteceu no Fórum Landi, com aulas ministradas pelo violonista e compositor Diego Santos, professor do naipe de violões, regente do projeto Choro do Pará e destaque entre os novos artistas paraenses. E na segunda etapa, com 60 alunos da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Rui Barbosa, o curso foi dado por Nego Nelson, artista de renome nacional com mais de 50 anos de carreira.

Trio Lobita lançou o disco 'Na Marola' (2017), com repertório autoral (Walda Marques/ Divulgação)

“É uma oficina de música tão importante, com impactos social, afetivo e emocional. Ter o projeto Violão Solidário e a presença do Nego Nelson é motivo de orgulho e satisfação e nós ficamos muito agradecidos”, diz a diretora do Rui Barbosa, Márcia Maia. "Nossos alunos, muitos com históricos de carências das mais variadas, se sentem estimulados. Muitos deles relatam que já se veêm como artistas e imaginam um futuro na arte. É emocionante”, relata Josefa Silva, coordenadora pedagógica da escola.

Coordenador pedagógico do projeto, Nego Nelson foi professor de violão durante 15 anos no Conservatório Carlos Gomes, 20 anos, da Fundação Curro Velho e participou de vários projetos de musicalização no Pará. “Só o fato de eles virem para o curso, como a atividade paralela, por meio do violão, melhora o desempenho do aluno na escola, melhora em matemática, português, melhora em tudo. Eles podem experimentar se é isso o que eles querem, aguçando o potencial artístico das crianças”, afirma.

Do regional ao rock

No concerto na Praça da República, três turmas de alunos irão apresentar o repertório com clássicos da música brasileira, como "Asa Branca" (Luiz Gonzaga e Humberto Teixeira) e "Uirapuru" (Waldemar Henrique). Ainda, Diego Santos apresenta o recitar com músicas autorais, seguido por Nego Nelson. O evento encerra com o Trio Lobita, grupo de chorinho formado por Paulinho Moura (violão 7 cordas), Tiago Amaral (clarinete) e Andréa Pinheiro (voz e pandeiro).

Agende-se:

Concerto do projeto Violão Solidário

Dia: Domingo, 8

Hora: 9hs

Local: Anfiteatro da Praça da República

Entrada franca.

Música
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM CULTURA