Paraense Erick Dri lança álbum 'Departures'

O artista paraense está em conexão com a world music, a música eletrônica que é feita e tocada em diversos lugares do mundo

Bruna Lima

O produtor de música underground Erick Di lança, nesta sexta-feira (19), o álbum  “Departures”, com a reunião de cinco faixas assinadas pelo produtor eletrônico, que  traz referências de um estilo de rap característico, chamado Drill, provocando sentimentos sombrios e uma mistura de batidas que é reflexo da cultura de uma nova geração.  

O álbum, contemplado pelo edital de Cultura Urbana Periférica da Lei Aldir Blanc Pará, com produção executiva da Psica Produções e lançamento pelo selo MangoLab, poderá ser ouvido em todos os canais do artista na internet.  

Ouça Departures

O artista paraense está em conexão com a world music, a música eletrônica que é feita e tocada em diversos lugares do mundo. Ele vem pesquisando as sonoridades do Rap e do R&B para construir esse trabalho. Inclusive, a internet é o grande portal para Erick descobrir ser um apaixonado por criar música no computador.

“O que me inspira é ver que tem muito mais produtores querendo mostrar a sua arte,
buscando fazer diferente, buscando chegar no coração das pessoas com a música, que pra
mim é o maior intuito de um beatmaker. Eu gosto muito de escutar o trabalho de produtores
mainstream, mas o que me inspira muito hoje é ver, por exemplo, um cara ou uma mina que tem 700 seguidores no soundcloud e faz um som sensacional”, comenta o artista, que se reafirma como um produtor de música underground nas plataformas onde compartilha seu som.

Diferente de tudo o que vem fazendo em seu trabalho de produtor de beats de RAP, em “Departures” Erick Di também usa a música para falar sobre sentimento de sobrevivência
e o desejo de ter uma vida confortável. O álbum segue um formato conhecido no universo
hip hop chamado de “BeatTape”, com composições instrumentais, evocando o lado
não-lírico do RAP. 

“Departures é renunciar completamente o que passou e se libertar pro vôo infinito, onde a coragem, a persistência e a força de vontade são os principais estímulos para fazer história, dentro e fora da zona de conforto”, confessa. 

A produção no computador trouxe de volta outras referências que ouvia na infância, como
Black Eyed Peas e a boy band de R&B B2K. Junto delas veio também o RAP, ritmo que o
acompanha há muito tempo. Não demorou para que os primeiros remixes e beats
começassem a surgir, e logo o produtor foi inserido na cena de RAP paraense, fornecendo
bases para que MCs colocassem os versos e o flow em cima da música. 

O produtor, de 21 anos, traz na bagagem cinco anos de carreira, aprendendo e crescendo na música eletrônica, o que rendeu a ele reconhecimentos internacionais. Reunindo mais de 700 mil plays em suas músicas e remixes no SoundCloud - rede que concentra muitos DJs e produtores eletrônicos, Erick Di já foi notado por seu ídolo, o cantor, compositor, ator e dançarino Omarion, que era vocalista do grupo B2K.

O estadunidense curtiu e compartilhou o remix que Erick fez para o sucesso “Rock With You” de Michael Jackson. O produtor paraense também já foi notado pelo coletivo de música eletrônica de Los Angeles, “Soulection”, onde teve sua música reproduzida para todo o mundo.

Ainda pouco conhecido pelo público paraense, Erick Di é um produtor requisitado tanto em Belém quanto em vários outros lugares do mundo. As cidades que mais ouvem seu trabalho são a capital paulista, seguida de Nova York e Los Angeles.

Música
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MÚSICA

MAIS LIDAS EM CULTURA