Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Nilson Chaves e Alba Maria abrem Festival Pará Live

O festival será apresentado pelas sociais da Euqatorial Pará

Redação Integrada

Os cantores Nilson Chaves e Alba Maria abrem a série de lives da segunda temporada do Festival Pará Live hoje, a partir das 19h30, nas redes sociais da Equatorial Pará (Facebook e Youtube). A iniciativa visa propagar a cultura paraense e oferecer entretenimento seguro, contribuindo para o distanciamento social devido a pandemia do novo coronavírus. “Em um momento em que a cultura está abalada pela impossibilidade de respirar, o Pará Live oferece a oportunidade do artista poder respirar com seu canto, levando ao público o prazer de ouvir e ver seus artistas. Sem dúvida uma proposta oportuna”, avalia Nilson Chaves.

O Pará Live segue a dinâmica de colocar um músico escolhido pelo público e outro a convite da organização. O escolhido pela organização desta vez foi Nilson Chaves, e a escolhida pelo voto popular foi a cantora Alba Maria, que está empolgada para a apresentação e promete um repertório diferenciado. “O público pode esperar um repertório com pérolas da canção paraense, de compositores incríveis como Paulo André, Rui Barata, Vital Lima, Arthur Nogueira e muitos outros. Serão músicas conhecidas e especiais com a minha interpretação e arranjos produzidos por grandes artistas”, adianta a artista escolhida via votação popular para participar do festival.

O público decidiu os nomes de seis artistas que farão as apresentações do projeto por meio de votação nas redes sociais, com mais de três mil votos. Todas as apresentações ocorrerão na página do Facebook e no canal do Youtube da distribuidora, sempre às sextas-feiras.  

“Projetos como esse são super importantes não só para o artista tocando, cantando, mas para toda a equipe em volta, do backstage, para quem trabalha na live, que é uma nova forma de se comunicar importantíssima. Uma grata surpresa meu nome ter sido indicado e ter sido muito bem votado na enquete popular entre os artistas contemplados nesse primeiro episódio. Então, eu estou muito feliz”, comenta Alba.

Para ela, é importante que o setor privado incentive a cultura. “As outras empresas deveriam se espelhar e investir nesse tipo de fomento cultural, com a arte, para que a economia que nós geramos possa se expandir, que outros trabalhadores possam ter espaço”. 

A agenda segue na próxima sexta-feira (30), com Arthur Espíndola e Raidol. No dia 07 será a vez de Jade Lima e Lucinnha Bastos. Já na terceira sexta-feira (14) se apresentam a banda Reggaetown e Félix Robatto, depois no dia 21 a Bando Mastodontes e Farofa Tropikal. Para encerrar a programação no dia 28, apresentam-se Jorginho Gomez e Fruta Quente.

AÇÃO SOLIDÁRIA – Neste primeiro dia de apresentação, o público poderá ajudar os catadores de resíduos que tem apoio da Ong Noolhar. Durante o show, será disponibilizado um QR Code, onde poderá acessar por meio do telefone celular dados bancários para fazer doação. “Além de termos entretenimento com qualidade e segurança, dentro de nossas casas, nós também vamos poder ajudar instituições sociais com pessoas que se encontram em vulnerabilidade por conta do nosso cenário de pandemia”, avalia a analista de responsabilidade social da Equatorial Pará, Michelle Miranda.

Agende-se

Pará Live

Nilson Chaves e Alba Maria

Horário: 19h30

Plataformas: perfil da Equatorial Pará no Facebook e no Youtube

Música
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MÚSICA

MAIS LIDAS EM CULTURA