Música paraense fervilhará em 2019 com novos lançamentos de álbuns de artistas

Dentre os artistas que programam títulos para este ano estão Keila Gentil, Dona Onete, Felipe Cordeiro, Yuri Reiner e Mastodontes

Ana Carolina Matos, da Redação Integrada

Borbulhante como um caldeirão, o cenário musical paraense promete fervilhar em 2019. Neste ano, muitos artistas da cena regional prometem trazer novidades. Entre eles, está a dona do ombro mais sacudido da capital paraense: Keila Gentil, que se aventura na carreira solo.

A artista adianta que o primeiro álbum solo da carreira explora o universo feminino vindo carregado de regionalidade e expressões conhecidas dos paraenses. "Musicalmente, pretendo usar e abusar da sonoridade da periferia. Principalmente do nosso Tecnobrega, mas já adianto que vou além", revela.

Leia também - Banda Mastodontes que tem ganhado a simpatia de jovens deve apresentar novidades em 2019

Banda Mastodontes que tem ganhado a simpatia de jovens deve apresentar novidades em 2019

Previsto para ser lançado ainda em maio deste ano, Keila conta que a produção do trabalho já está sendo iniciada. Apesar de algumas definições já estabelecidas, a concepção final no processo criativo ainda pode mudar. "Eu, Keila, continuo com a minha personalidade divertida e dançante nos palcos. Tenho algumas letras mais ácidas, mas ainda estamos na fase de entender o que temos de repertório", conta a artista. Ela ressalta também que a maioria das músicas são de autoria própria.

Com 19 anos de carreira, dos quais oito no comando da Gang do Eletro, a artista se vê mais madura com o novo desafio. "Sempre foi um sonho meu trabalhar solo. Me encaixei na Gang e abracei o projeto com todo o amor e demos muito certo. Agradeço a Deus e meus amigos da Gang por essa experiência que me fez crescer bastante musicalmente. Hoje me vejo mais madura como pessoa do que musicalmente. Afinal, é o meu primeiro disco solo. Apesar de toda a experiência com a Gang, lá o trabalho era em grupo, então toda experiência é nova pra mim agora. A responsabilidade é bem grande", detalha.

A artista está entre os nove selecionados no edital Natura Musical, por meio da Lei Semear, iniciativa que incentiva artistas da cena musical brasileira e aposta em músicos que representam a transformação vivida atualmente. Ao lado de Keila Gentil, nomes como As Origens da Lambada; Guitarrada das Manas; Jaloo & Strobo; Nazaré Pereira; Pelé do Manifesto; Pratagy; Sampleados e Uaná System também foram contemplados com o patrocínio e devem apresentar novidades ao longo deste ano. Fora de editais, Dona Onete e Felipe Cordeiro também devem surgir com novas produções, mas ainda sem datas confirmadas. Ainda este semestre, Felipe deve apresentar o álbum "Transpyra", informou a assessoria do artista.

Música