Mostra Cênica Teatro Universitário Cláudio Barradas apresenta últimos espetáculos

Ao todo são 10 trabalhos, que estão sendo apresentados desde a última sexta-feira, 4

Emanuele Corrêa
fonte

Os alunos da Escola de Teatro e Dança da Universidade Federal do Pará (ETDUFPA) apresentam até o próximo dia 13, espetáculos com temáticas variadas na IV Mostra Cênica Teatro Universitário Cláudio Barradas (TUCB). O objetivo é valorizar a produção artística acadêmica e a produção cultural, enquanto formas de conhecimento. Ao todo são 10 trabalhos, que estão sendo apresentados desde a última sexta-feira, 4.

A professora, Valéria Frota de Andrade, coordenadora da Mostra conta que cinco foram selecionadas do curso técnico em teatro, uma do técnico em dança/ intérprete-criador, duas de figurino e duas do curso de cenografia. Os alunos receberam o prêmio de 5 mil reais para a produção dos seus trabalhos, trabalhados ao longo de seis meses. "O objetivo é propiciar o exercício criativo dos estudantes e possibilitar a articulação entre o aprendizado nos cursos e uma criação autônoma. O edital foi lançado em fevereiro, e uma comissão composta pro três docentes selecionaram dez entre quatorze propostas inscritas, oriundas de todos os cursos técnicos da Escola", destacou.

A coordenadora ressalta que a ETDUFPA já realiza mostras das práticas de montagens dos cursos, mas a mostra é um espaço de ampliar esses conhecimentos. "Essa é uma experiência voltada pra esse exercício autônomo de criação. É importante na medida em que garante espaço de ensaio e apresentação, além do recurso em dinheiro, para a criação artística. Um espaço onde os alunos podem ampliar o aprendizado e tocar em temáticas que sejam do seu interesse", finalizou.

Hoje a noite o espetáculo apresentado é o "Casangrá", às 20h e aborda a história de duas mulheres em uma casa. A personagem "Sonia" é mulher indígena, “cria da família”, vive na casa desde criança. Já Tertuliana é uma mulher negra, empregada doméstica, e está na casa desde os seus 20 anos. Elas compartilham suas histórias que envolvem amor, violência e sonhos, enquanto cozinham e desenvolvem um pensamento em comum: pensar em um plano que irá mudar suas vidas para sempre.

image Vagner Mendes, Joyce Carvalho e Melquisedeque apresentam nesta quarta-feira, 9, às 20h na mostra o espetáculo "Isso é amor? Textos sobre a dor", que retrata relações abusivas e os traumas gerados dessas experiências. (Reprodução / Vitor Martins)

Vagner Mendes é jornalista e ator, junto com Joyce Carvalho e Melquisedeque apresentam nesta quarta-feira, 9, às 20h na mostra o espetáculo "Isso é amor? Textos sobre a dor", que retrata relações abusivas e os traumas gerados dessas experiências. "Por meio de textos, que foram criados a partir de histórias reais coletadas pelo atores do projeto, o espetáculo tem como objetivo alertar sobre amores, amizades e relações tóxicas que as pessoas se submetem por achar que são relações saudáveis, quando não são", pontuou.

"O elenco se inspirou nessa temática após perceber a necessidade de discutir sobre traumas, medos e problemas que são gerados após términos de namoro ou abusos sofridos. O público pode esperar textos profundos que trazem a tona os sentimentos de dor e aflição que muitos sentem por estarem sofrendo por amar uma pessoa ou relação tóxica", concluiu o ator.

Já na quinta-feira, 11, também às 20h a história apresentada ao público é "Barradas no baile", que faz referência a série norte-americana Barrados no Baile e também brinca com  o nome do Teatro Cláudio Barradas, espaço onde acontece a Mostra. O espetáculo traz as Themonhas, conta sobre o universo Drag, a partir de uma narrativa que apresenta as dores e os sabores da “montação”, o lado "B" do glamour e da noite paraense, o que é ser um artista amazônico e também a resistência da comunidade LGBTQIA+ e sua luta pelo fim das violências.

"Alecrim, vozes mulheres" é um espetáculo que apresenta os corpos afro-ameríndios. O trabalho poderá ser visto pelo público nesta sexta-feira, 11, às 20h. Inspirado no poema Vozes-mulheres, de Conceição Evaristo, o trabalho fala da força ancestral.

image "Boleros de Sangue" apresenta um espetáculo sobre amores, paixões e crimes passionais. (Reprodução / Divulgação)

No penúltimo dia da Mostra TUCB, neste sábado, 12, "Estrada Noturna", às 20h,  traz três histórias sobre os limites da vingança, da inveja e da revolta ante as injustiças sociais. São três peças curtas: “Traição”, Ovelha Branca” e “Ratas”. Finalizando a mostra no domingo, 13, às 19h "Boleros de Sangue" apresenta um espetáculo sobre amores, paixões e crimes passionais. 

Serviço

Evento: Mostra TUCB
Data: 8 ao dia 13
Horário: 19h e 20h, consultar programação dos espetáculos
Local: Teatro Universitário Cláudio Barradas, rua Conego Jeronimo Pimentel, 546, Umarizal.
Ingresso: R$ 20 Inteira e R$ 10 Meia

Cultura
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA