Mariana Rios sofre aborto espontâneo

Atriz esperava seu primeiro filho e fez desabafo em seu perfil no Instagram

Redação Integrada com informações da Quem

Mariana Rios fez uma postagem no Instagram neste sábado (11) dizendo que sofreu um aborto espontâneo. A atriz esperava o primeiro filho com o noivo, Lucas Kalil.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Meu filho, Te recebi dentro de mim com todo meu amor. Seu coração que batia acelerado e forte, de repente parou. Você precisou partir e não me sinto no direito de questionar a decisão de Deus. Apenas aceito e confio que tudo que acontece é para o nosso bem. Só quem passou por isso é capaz de mensurar a dor que estou sentindo. Você foi muito amado a cada segundo em que aqui esteve e sempre será. Te espero de coração aberto se desejar voltar sentindo-se preparado. Obrigada meu Deus pela oportunidade de poder cuidar desse espírito o tempo em que ele precisou de mim. E fico aqui com a certeza de que o momento certo virá, se for a Sua vontade. “O corpo humano, por mais belo e cheio de vida que seja, um dia precisa partir. Mas as virtudes do espírito, que dele se liberta, continuam
vivas nos sentimentos daqueles que as souberam apreciar e preservar, no frasco
do coração.” 💙🙏🏼

Uma publicação compartilhada por Mariana Rios 🧿 (@marianarios) em

"Meu filho, te recebi dentro de mim com todo meu amor. Seu coração que batia acelerado e forte, de repente parou. Você precisou partir e não me sinto no direito de questionar a decisão de Deus. Apenas aceito e confio que tudo que acontece é para o nosso bem. Só quem passou por isso é capaz de mensurar a dor que estou sentindo", disse.

Cultura
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM CULTURA