Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Feira do Livro promove encontro entre Zélia Amador e a atriz Elisa Lucinda

O encontro literário será às 19h, na arena multivozes

Bruna Lima

Dentro da programação das vozes da memória e do patrimônio da 25ª Feira Pan-Amazônica do Livro e das Multivozes, as atrizes e escritoras Elisa Lucinda e Zélia Amador de Deus vão debater ao lado da mediadora Karina Diaz, que também é atriz, sobre questões de racismo, de negros e indígenas em condições de escravos e entre outros assuntos que afligem o Brasil e mundo até hoje. O encontro será às 19h, na arena multivozes.

A professora, escritora e atriz Zélia Amador de Deus, que foi uma das homenageadas da Feira, em 2019, diz que se sente feliz em participar mais uma vez da programação e poder encontrar e falar para a juventude.

No debate, Zélia diz que pretende falar sobre as memórias fadadas ao esquecimento pelo fato de incomodarem a sociedade e, portanto, nem sempre consideradas patrimônio. "Memórias de pessoas negras escravizadas; povos indígenas escravizados e espoliados do ‘bem viver’", destaca a escritora.

VEJA MAIS

Curta documental narra a trajetória de Zélia Amador
'Amador, Zélia' tem a direção de Glauco Melo e Ismael Machado.

UFPA dará título de professora emérita a Zélia Amador de Deus
Honraria reconhece serviços prestados ao ensino, por direitos e políticas afirmativas

Zélia é militante e ativista do movimento negro e fala para com a tentativa de convencer as pessoas a pensar sobre a existência do racismo que existe na sociedade.  A paraense é considerada como um dos nomes mais importantes na luta antirracista e pelos direitos da população negra. Ela também é reconhecida como referência na luta dos povos quilombolas, indígenas e a população LGBTQIA+.

Nascida na Ilha de Marajó e criada pela mãe, que era empregada doméstica, Zélia se tornou professora da Universidade Federal do Pará (UFPA), e pouco depois coordenadora da Assessoria de Diversidade e Inclusão Social (ADIS). Ela foi a primeira reitora negra de uma universidade brasileira. Além de escritora e pesquisadora, Zélia também já foi atriz e diretora de teatro.

A multiartista Elisa Lucinda vai compor o encontro e enriquecer o debate. Desde quando começou a pandemia, ela passou a ser um dos nomes mais solicitados do país para palestras, entrevistas e debates, à medida em que temas raciais, sociais e artísticos ganharam espaço. 

Elisa Lucinda é a poeta, atriz, escritora, jornalista e professora (Reprodução/Itaú Cultural)

Atriz, cantora, escritora, poetisa e jornalista, trabalha na divulgação da sua décima nona obra literária, "Quem me leva para passear". Nessa obra, Elisa retorna à personagem Edite, do "Livro do avesso". Fazendo uso da técnica literária fluxo de consciência, a escritora permite o leitor de conhecer o pensamento de Edite, que em seu monólogo interior com amor e humor conduz a aprimorar o olhar para a vida.

Projeto literário da UFPA valoriza poesia de mulheres negras em sarau
Na programação, serão apresentados os livros 'A Fúria da Beleza', de Elisa Lucinda e 'Entre o Ser e o Amar', de Odete Semedo

Atriz é criticada após falar que não acredita no celibato do padre Fábio de Melo
Elisa Lucinda fez vários comentários em uma publicação do padre e declarou ser contra o celibato

A paraense Karina Diaz, que vai fazer a mediação do encontro, também é uma mulher múltipla que atua em várias frentes. Formada em Letras, a artista se apropria do conhecimento para a função de atriz, performer e arte educadora. Há mais de cinco anos vem atuando na arte cênica como processo de contribuição.

Serviço:

Encontro Zélia Amador e Elisa Lucinda
Data: 31 de outubro
Hora: 19h
Local: Arena Multivozes da Feira Pan-Amazônica do Livro, Hangar Centro de Convenções
Gratuito

Palavras-chave

Cultura
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA