Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Ex-assistente de Ivete Sangalo pede indenização milionária em processo trabalhista; entenda o caso

Ex-rodie da cantora alega que trabalhou com a artista por anos sem ter a carteira de trabalho assinada, além de não ter recebido benefícios

Rayanne Bulhões

Um ex-assistente da Ivete Sangalo  – que não teve o nome divulgado - entrou com uma ação trabalhista contra a cantora. O funcionário passou anos sem ter a carteira de trabalho assinada, além de não ter recebido benefícios previstos na lei. O valor da indenização socilitada ultrapassa R$ 1,4 milhão. As informações foram divulgadas pelo colunista Lucas Pasin, do UOL.

O ex-roadie disse que foi assistente da baiana de 1995 a 2020, e da empresa da cantora, Iessi Produções e Eventos LTDA. O ex-assistente reinvindica os valores do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) não depositados, férias, 13º salário, aviso prévio, adicional noturno, valor por insalubridade e periculosidade, além de multa rescisória de R$ 430 mil. O valor total da ação é de R$ 1.485.430,13.

Segundo o documento, o profisional diz ter provas dos anos dedicados à artista. “Os crachás de identificação e/ou camisas personalizadas e figurinos em eventos servem de exemplo para relação jurídica […] Demonstram o reclamante sempre como parte integrante da banda da cantora Ivete Sangalo, sendo oficialmente conhecido como ‘O roadie da cantora Ivete’, honrando pessoalmente horários de entrada e saída, participando de todos os shows, eventos, ensaios, programas de Rádio, TV e Lives, não sendo substituído ou substituível nessa função”.

VEJA MAIS

Show de Ivete Sangalo é paralisado às pressas após fã passar mal; entenda
'Eu não vou cantar até que chegue alguém', afirmou a cantora no palco


Ivete Sangalo responde após ser 'ignorada' por William Bonner: 'tudo bem'
O jornalista pediu desculpas à cantora por ter ignorado ela quando saía da TV Globo


Ivete Sangalo passa por cirurgia e tranquiliza os fãs: 'Mainha tá zero bala'
Nas fotos, Ivete aparece deitada em um leito hospitalar com o braço enfaixado

O processo foi aberto em março deste ano. A ação consta na 9ª Vara do Trabalho de Salvador. Uma audiência está marcada para 15 de setembro.

Filho de Ivete Sangalo vende videogame em rede social para comprar prancha de surfe
A história viralizou nas redes sociais e o menino comentou sobre o caso

Ainda segundo o documento, o ex-assistente disse que foi contratado em 15 de julho de 1995, com o salário de R$ 21.760. Ficou com a cantora até 7 de agosto de 2020 e, desde então, foram negadas anotações na carteira de trabalho e não recebeu valores relacionados à rescisão do período de trabalho.

Celebridades
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA