Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Autoras do Pará participam de noite de autógrafos e sarau literário

Evento gratuito reúne escritoras pela primeira vez após o lançamento do livro

O Liberal

As autoras da coletânea Trama das Águas, publicada em meio à pandemia de covid-19, vão celebrar o lançamento do livro de forma presencial pela primeira vez.  O evento “Afluentes: o encontro das tramas” ocorre de forma gratuita neste sábado (23), a partir das 18h, na Na Figueredo. Em formato de um “sarau literário festivo”, a noite de autógrafos permitirá que as pessoas que já adquiriram o livro o levem para ser assinado pelas escritoras. A coletânea também será vendida no local.

Uma das presentes será a escritora e psicóloga Caroline Lucena, que participa do projeto com o conto “Post Scriptum”. Caroline conta que se inspirou em uma fotografia de seus avós feita em 1945, para criar uma narrativa cujo estilo ela define como um “Drama de Época”. “Naquele dia, contemplando uma relíquia doméstica, perguntei a mim mesma se meus avós estariam felizes, porque, em um mínimo instante, coloquei-me no lugar da menina engrinaldada e de olhos ingênuos, refletindo sobre o consórcio de almas e tudo que o abrange: temores, encargos, emoções que a maturidade precisaria lapidar e não lhes foi consentido”, conta.

VEJA MAIS

Trama das Águas: projeto de financiamento coletivo publicará 50 autoras paraenses
Iniciativa tem curadoria da escritora e artista plástica Monique Malcher e edição de Toni Moraes, editor e sócio da Monomito Editorial

Edital 'Trama das Águas' recebe inscrições de trabalhos de escritoras paraenses ou que vivem no Pará
Projeto visa lançar uma coletânea de textos que abordam as vivências singulares de mulheres em território paraense

Para ela, o “Afluentes” será uma ótima oportunidade para conhecer mais sobre a produção feminina local. “’Trama das Águas’ reflete e traduz o olhar de cada autora nortista, em suas mais diversas nuances de inspiração. Tal evento busca então marcar, de maneira genuína, a pluralidade das vozes que compõe as novas narrativas do cenário paraense”, declara.

Jornalistas do Grupo Liberal integram mostra

Duas jornalistas do Grupo Liberal estão entre as integrantes da coletânea: Ana Carolina Matos, editora web de OLiberal.com, e Bianca Leão, editora de O Liberal.

Ana Carolina Matos, autora do conto "Dores Hereditárias", destaca que a produção estimula a produção de escritoras da Amazônia. "Publicações como essa, que valorizam o que é publicado por autoras amazônidas, são espaços importantes para o incentivo à escrita de mulheres. A oportunidade de dividir o espaço com autoras tão talentosas e de escritas tão singulares mostra a relevância do que é produzido pelas mulheres da Amazônia", declara.

Bianca Leão, autora do conto “Comigo-ninguém-pode”, enfatiza a importância do espaço para a literatura local concedido pelo livro. “Estar entre as autoras selecionadas, entre tantas mulheres cuja trajetória literária eu tanto admiro, foi uma surpresa muito feliz. Nós, que vivemos na Amazônia, estamos tão habituados a imensidões que, por vezes, até esquecemos o quanto pode ser encantador e interessante o relato sobre o nosso cotidiano”, alega.

Sobre o livro

O “Trama das Águas” reúne textos em prosa e verso de 57 autoras vinculadas ao Pará. Sob a organização da autora vencedora do Jabuti, Monique Malcher, o livro foi publicado pela Monomito Editorial por meio de financiamento coletivo. Em apenas três dias de campanha, o projeto chegou a atingir 150% da sua meta inicial.

'Flor de Gume', da paraense Monique Malcher, vence a categoria conto no Prêmio Jabuti
A lista com os vencedores foi divulgado na noite desta quinta-feira (25), em formato virtual

Para Toni Moraes, editor da Monomito Editorial, o encontro deste sábado será gratificante, “pois preenche uma lacuna que os momentos mais pesados da pandemia deixaram. Não tem nada tão gostoso quanto essa troca que a literatura proporciona e que quando é feita olho no olho é ainda mais impactante”.

Agende-se:

Sarau e noite de autógrafos das autoras do Trama das Águas

Sábado, 23 de julho a partir das 18h.

Na Figueredo (Av. Gentil Bitencourt, 449).

Evento gratuito

Palavras-chave

Cultura
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA