Carlos Ferreira

Jornalista, radialista e sociólogo. Começou a carreira em Castanhal (PA), em 1981, e fluiu para Belém no rádio, impresso e televisão, sempre na área esportiva. É autor do livro "Pisando na Bola", obra de irreverências casuais do jornalismo. Ganhador do prêmio Bola de Ouro (2004) pelo destaque no jornalismo esportivo brasileiro.

Seleção de 2020 tem 7 do Remo e 4 do Paysandu

Carlos Ferreira

Vinícius; Ricardo Luz, Perema, Rafael Jansen, Marlon; Uchôa, Lucas Siqueira, Vinícius Leite; Hélio Borges, Salatiel e Nicolas. Sete jogadores do Leão e quatro do Papão na seleção da temporada 2020, eleita por 16 jornalistas e radialistas do Grupo Liberal. Também foram eleitos o técnico Paulo Bonamigo, o craque do ano Nicolas e a principal revelação, Hélio Borges. Portanto, mais dois azulinos e um bicolor.

A eleição teve quatro unanimidades. O goleiro Vinícius, os zagueiros Perema e Rafael Jansen, e o atacante Nicolas foram votados por todos. Nos critérios desta eleição, todos os votos são considerados, mesmo que o atleta tenha sido votado em posições diferentes. Isso explica Vinícius Leite no meio de campo, embora ele tenha jogado mais como atacante do que como meia.

Quem votou?

O juri de jornalistas e radialistas esportivos do Grupo Liberal, teve Carlos Fellip, Nilson Cortinas, Fábio Will, Andreia do Espírito Santo, Pio Neto, Abner Luiz (também é da RádioLiberal), Carlos Ferreira e Ivo Amaral, da equipe de O Liberal (os dois últimos também da TV Liberal), Jorge Sauma, Gustavo Pêna, Bruno Amâncio e Pedro Cruz, da equipe do Ge Pará, Breno Rayol e Roberio Oliveira da TV Liberal, Sérgio Noronha do Amazônia, Agripino Furtado da Radio Liberal.

A promoção é desta coluna e se repete a cada fim de temporada, sempre que o colunista entra de férias, como agora.

BAIXINHAS
* Nicolas e Vinícius vem se revezando como "craque do ano" no futebol do Pará. Muito justo! São, de fato, os dois jogadores mais importantes do Pará, sempre em alta produtividade, principais ídolos de bicolores e azulinos.

* Paulo Bonamigo teve 14 votos para melhor técnico, enquanto Hélio dos Anjos e Artur Oliveira receberam os outros dois votos. Bonamigo é um técnico de grande sucesso no Remo, mesmo sem título algum. Ótimo trabalho em 2000 e melhor ainda em 2020, com o acesso à Série B.

* Dos que não entraram na seleção, os mais votados foram o lateral bicolor Bruno Collaço e o atacante remista Tcharlles, com quatro votos, cada. Eduardo Ramos, em plena perda de prestígio, teve apenas dois votos.

* Uchôa chega ao Remo com mais autoridade e se junta a Lucas Siqueira, a dupla de volantes da seleção do ano. Com a travessia de Uchôa, o Leão Azul tem oito da seleção no time da Copa Verde, competição que fecha o calendário de 2020.

*  Resta a Copa Verde, na qual Remo e Paysandu são favoritos ao título. Uma possibilidade a mais de festa. Mas cinco clubes já festejaram conquistas nesses tempos de pandemia. No Parazão, o Paysandu ganhou o título de campeão, o Castanhal ganhou vagas na Copa do Brasil e na Série D, o Paragominas na Série D.

* A Tuna foi campeã da Segundinha e está de volta à primeira divisão estadual. O Remo teve a conquista mais importante e recolocou o Pará na Série B do Campeonato Brasileiro.

* Férias! Um mês para recarregar as baterias do colunista. Fui!

Carlos Ferreira
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CARLOS FERREIRA