Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

CARLOS FERREIRA

ferreiraliberal@yahoo.com.br

Jornalista, radialista e sociólogo. Começou a carreira em Castanhal (PA), em 1981, e fluiu para Belém no rádio, impresso e televisão, sempre na área esportiva. É autor do livro "Pisando na Bola", obra de irreverências casuais do jornalismo. Ganhador do prêmio Bola de Ouro (2004) pelo destaque no jornalismo esportivo brasileiro.

Remo pode avançar, hoje, até o 11º lugar

Carlos Ferreira

Se ganhar do Cruzeiro e for favorecido por outros resultados da rodada, o Leão Azul pode subir da 14ª até à 11ª posição. Para isso, o Botafogo não poderia vencer o Goiás, hoje, no Rio; o CSA não poderia ganhar do Vasco, amanhã, em Maceió; e o Vila Nova não poderia derrotar o Brusque, amanhã, em Goiânia.

E quem diria!? Dos quatro resultados, o mais provável é o do próprio Remo, que está em estado de graça, enquanto o Cruzeiro "junta os cacos" após a derrota em casa, por 3 x 0, para o Avaí. O Remo festeja as vitórias sobre Brusque e Ponte Preta, e mais ainda a acentuada melhora de desempenho. O time está cada dia mais promissor, enquanto o Cruzeiro parece desesperador aos olhos e corações de cruzeirenses, já voltando o foco para a luta contra um iminente rebaixamento, embora seja cedo para tanto.

Felipe Conceição, o personagem da noite

Execrado no Cruzeiro, no fechamento de uma passagem infeliz, Felipe Conceição só precisou de duas semanas para dar a volta por cima com o Remo. Assim, em "lua de mel" com a nação remista, ele reencontra o Cruzeiro em condições piores das que o deixou. Felipe Conceição é o personagem da noite, nesta terça-feira.

O futebol vistoso, consistente e vitorioso do Leão coloca a torcida azulina num estado de prazer que não vivia na Série B desde 2006, com o time de Giba. Isso promete muito, mas não garante nada, nem mesmo para o jogo de hoje, contra o desacreditado, mas inflamado time do Cruzeiro.

 

 

BAIXINHAS

* Ainda sem vitória em casa na Série C, fora do G4, o Papão volta aos dias de pressão na semana de preparação para confronto com o Manaus. O fato de o jogo ser em Manaus credencia o Paysandu, que tem 88,3% de aproveitamento como visitante. Mas o time amazonense tem o mesmo percentual como mandante.

* Airton, atacante paraense que foi titular do Cruzeiro com Felipão e com Felipe Conceição, barrado até do banco para o jogo de hoje, é fruto do futsal do Remo, pupilo de Netão. Para o futebol, Airton foi revelado no Palmeiras.

* Felipe Gedoz chegou a nove gols na temporada: quatro na Série B, quatro no Parazão e um na Copa do Brasil. Hoje mesmo pode alcançar Pecel (Castanhal) Paulo Rangel (Tuna/Paragominas) que estão empatados com 10 gols e são os maiores artilheiros do futebol paraense em 2021.

* Dioguinho, que já posava de "pianista", agora é "carregador de piano". Se desdobra na marcação para dar liberdade a quem tem mais talento que ele para fazer o que não vinha conseguindo. Além disso, está ganhando a concorrência do recem-contratado Matheus Oliveira.

* Futebol feminino. Esmac x RedBull Bragantino, semifinal do campeonato brasileiro A2, nos dias 15 e 22 de agosto, primeiro jogo em Belém. Ascensão da Esmac à elite para 2022 é resultado de um longo e criterioso trabalho, muito embasado na ciência e na gestão estratégica. Parabéns a todos e todas, especialmente ao presidente Ivanildo Cardoso e ao coordenador Erick Cavalcante.

Carlos Ferreira
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CARLOS FERREIRA