Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

CARLOS FERREIRA

ferreiraliberal@yahoo.com.br

Jornalista, radialista e sociólogo. Começou a carreira em Castanhal (PA), em 1981, e fluiu para Belém no rádio, impresso e televisão, sempre na área esportiva. É autor do livro "Pisando na Bola", obra de irreverências casuais do jornalismo. Ganhador do prêmio Bola de Ouro (2004) pelo destaque no jornalismo esportivo brasileiro.

Papão busca 'força mental' com novo comando

Carlos Ferreira

Wilton Bezerra reassume o comando do Paysandu, em mais uma interinidade, falando em "força mental", na mesma linha do jogo de superação que levou o Papão ao título estadual numa virada improvável contra a Tuna. Essa força consiste em acreditar e fazer acontecer, com nova atitude, mais imposição diante dos adversários. Que seja assim no sábado, contra o Ituano, na Curuzu!

Roberto Fonseca já não conseguia mais extrair do time as compensações para as claras limitações. Isso ficou muito evidente na irritante apatia do time diante do Botafogo/PB. Wilton Bezerra, que é muito querido por todos, tem agora esse desafio.

Atenuante ou agravante, esta semana?

O Remo eliminar o Galvez/AC hoje e o Paysandu passar pelo Penarol/AM amanhã. Elementar obrigação da dupla Re-Pa na Copa Verde! De ressaca no campeonato brasileiro, Leão e Papão terão atenuante ou agravante neste meio de semana.

Atenuante ainda é uma palavra forte. Mas vamos admitir que a classificação na CV atenue a "bronca" dos torcedores. Agravante, com certeza! Ser eliminado em casa, logo na estreia, mesmo com time alternativo, seria humilhante e agravaria o clima já negativo. Bom lembrar que o Castanhal joga amanhã em Boa Vista, contra o São Raimundo. Esse jogo, sim, tem potencial redentor para o Japiim, que ainda sente a eliminação da Série D.

Esta fase da Copa Verde é de jogo único e alguns favoritaços, como Remo e Paysandu. Para eles, é vitória ou vexame!

BAIXINHAS

* Ronald, Edu, Neto Moura, Neto Pessoa... Para alguns jogadores é muito oportuna essa necessidade de time alternativo na Copa Verde, hoje, contra o Galvez, visto que a prioridade absoluta do Remo é a Série B, com jogo importantíssimo no domingo contra a Ponte Preta. Zagueiro Edu, estreante no time de hoje, é um jovem por quem o Athletico Paranaense pagou R$ 3 milhões ao Cruzeiro.

* No Paysandu, amanhã, contra o Penarol, oportunidade para as estreias do goleiro Elias e do lateral esquerdo Alan Cardoso. Mas isso é o que podemos dizer por dedução sobre quem deve ganhar na Copa Verde a vitrine que está faltando no campeonato brasileiro.

* Pela programação de pagamento da dívida trabalhista do Remo, a quitação ocorre no final de 2022. Mas o presidente Fábio Bentes antecipou à coluna que o clube vai pedir ao TRT para estender o parcelamento do saldo devedor até o final de 2023, para um alívio nas contas neste período de investimentos estruturantes.

* Sobre o Centro de Treinamentos, Bentes disse que o Remo já pagou 60% do valor negociado e que já avança na documentação para registro de propriedade. Ao mesmo tempo, investe na estruturação. Prioridade é a nova base do NASP - Núcleo Azulino de Saúde e Performance, para atividades destinadas a prevenir lesões e outras funções.

* São Raimundo, São Francisco e Altamira completaram seus elencos para esta Segundinha dando oportunidade a talentos das cidades em torno. Isso abre perspectiva de revelações, apesar da curta participação. É que só um desses três clubes vai avançar à segunda fase. Hoje, São Raimundo x Altamira.

Carlos Ferreira
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CARLOS FERREIRA