Carlos Ferreira

Jornalista, radialista e sociólogo. Começou a carreira em Castanhal (PA), em 1981, e fluiu para Belém no rádio, impresso e televisão, sempre na área esportiva. É autor do livro "Pisando na Bola", obra de irreverências casuais do jornalismo. Ganhador do prêmio Bola de Ouro (2004) pelo destaque no jornalismo esportivo brasileiro.

O que o Leão tem de diferente na Série C?

Carlos Ferreira

Na Série C há cinco temporadas, o Remo vive desta vez uma situação diferente: está crescendo na hora certa, e com classificação bem encaminhada. Em 2019, por exemplo, na 12a rodada estava bem posicionado na tabela, mas em queda de rendimento.

Os números do Leão são muito animadores, mas é o desenvolvimento do time que transmite esperança, não só de classificação à segunda fase, mas também de acesso à Série B. Acesso que vai ser decidido em quadrangular, jogos de ida e volta, como em 2005, quando o Leão subiu campeão.

Manaus, o grande concorrente do momento

Quinto colocado com 17 pontos, dois a mais que o Papão, o Manaus é o concorrente do momento pela sua clara ascensão no campeonato. Vencê-lo e superá-lo na classificação pode até significar entrada no G4, se o Jacuipense não vencer o Botafogo em João Pessoa e o Ferroviário não ganhar do Treze em Fortaleza.

Uma vitória sobre o Manaus seria importante também pela reestreia de João Brigatti, que chega ao Papão precisando reafirmar a reação, sinalizada na vitória sobre o Treze. O problema é que o time amazonense tem as mesmas ambições e condições nesta Série C.

BAIXINHAS

* Dos 22 pontos do Remo, só cinco foram conquistados fora de Belém. Nas últimas seis rodadas da fase, o Leão vai fazer três jogos fora (Vila Nova, Botafogo e Manaus) e três em Belém (Treze, Santa Cruz e Paysandu).

* O Paysandu fez oito pontos em Belém e sete fora. O bicolor tem pela frente quatro jogos em Belém (Manaus, Ferroviário, Botafogo e Remo) e dois fora (Imperatriz e Jacuipense).

* Depois da atual fase, de classificação, a Serie D vai ter três  "mata-matas" para a decisão do acesso à Série C. O Bragantino faz a segunda melhor campanha entre os 64 clubes do campeonato, superado somente pelo Gama/DF, e tem todo o direito de sonhar.

* Volante paraense Warian Santos, o Ameixa, fruto do Remo, estará em Belém no domingo, pelo sub 23 do Corinthians, contra o Paysandu. É titular no time corintiano de aspirantes.

* Vila Nova, próximo adversário do Remo, ainda não perdeu em Goiânia nesta Série C e está invicto no campeonato há nove rodadas. É poderoso no jogo aéreo e vai exigir muito dos azulinos, principalmente nos escanteios.

* Copa do Brasil Sub 20. Goleado em Bragança por 4 x 2, o Bragantino reencontra o Atlético Mineiro hoje à tarde, em Belo Horizonte. Uma despedida digna já será lucro nesse precioso intercâmbio.

Carlos Ferreira
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CARLOS FERREIRA