Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

CARLOS FERREIRA

Jornalista, radialista e sociólogo. Começou a carreira em Castanhal (PA), em 1981, e fluiu para Belém no rádio, impresso e televisão, sempre na área esportiva. É autor do livro "Pisando na Bola", obra de irreverências casuais do jornalismo. Ganhador do prêmio Bola de Ouro (2004) pelo destaque no jornalismo esportivo brasileiro. | ferreiraliberal@yahoo.com.br

Na zaga, uma lacuna que o Papão não consegue preencher

Carlos Ferreira

Genilson, Marcão, Heverton, Bruno Leonardo, Douglas e Lucas Costa. Quem desses seis zagueiros contratados este ano pelo Paysandu é melhor que Perema? Faço a pergunta porque são recorrentes as queixas pelo desempenho da zaga bicolor, enquanto Perema foi destaque do Concórdia no campeonato catarinense e agora se destaca no Floresta, que tomou apenas três gols em seis jogos na Série C.

No Papão, Perema teve seus dias de glória e de paz, mas, geralmente, era cobrado em excesso. Saiu e deixou uma lacuna que o clube ainda não conseguiu preencher. O Paysandu vai enfrentar o Floresta, de Perema, na última rodada desta fase, na Curuzu, dia 13 de agosto, podendo ser a decisão da classificação.

Leonan, o "pé de anjo" do Baenão

Gaúcho, 26 anos, fruto do Atlético Mineiro, Leonan estava sem espaço na Portuguesa/RJ quando foi procurado pelo Remo, sexto clube da carreira dele. Já são três gols (um deles valeu título) em 15 jogos pelo Leão Azul. Leonan só havia feito sucesso assim em outro Leão, o Fortaleza, em 2018, com quatro gols em 24 jogos.

O fato de ter feito todos os gols pelo Remo batendo de direita é muito relevante, tratando-se de um lateral esquerdo. Significa uma capacidade de quebrar a marcação do adversário com um recurso nada comum, com o seu certeiro "pé de anjo".

BAIXINHAS

* Último lateral esquerdo do Remo que fazia gols frequentes com a direita foi Júnior, cria da base azulina, titular por quatro temporadas nos anos 90. Leonan, que já virou xodó da galera, está com dois cartões amarelos na Série C.

* Paysandu com 12 e Volta Redonda também com 12 gols têm os ataques mais produtivos da Série C. Isso já passa boa perspectiva para o jogo de domingo e vale como alerta ao Papão, para reforçar os cuidados com a defesa, já que a proposta de jogo é tão ofensiva.

* Constantino Júnior, vice-presidente da Liga do Nordeste, está em Belém, visitando Remo e Paysandu. Ele representa investidores que estão de olho no futebol paraense. Ontem, Constantino conheceu e se encantou com a estrutura do Castanhal. Boas perspectivas para o Japiim!

* No final de 2012 um grupo de investidores, liderado pelo empresário Luis Oliveira, anunciou a compra de Yago Pikachu junto ao Paysandu por R$ 700 mil.

* O Papão trocou de diretoria logo em seguida e não liberou o atleta por não reconhecer os documentos da transação. Agora, nove anos e cinco meses depois, o grupo está na Justiça contra o Paysandu cobrando R$ 40 milhões de indenização.

* TJD cumpriu o seu papel ao multar o Paysandu (R$ 40 mil) pelo apagão de refletores e arremesso de objetos ao gramado na finalíssima do Parazão. E ainda tirou o primeiro mando de jogo do Papão no próximo estadual. Fez melhor ainda ao suspender o ex-gerente de segurança do Paysandu, Luciano Mendes, por 240 dias. Vejamos se essas penas serão mantidas ou derrubadas. 

Carlos Ferreira
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CARLOS FERREIRA