Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

CARLOS FERREIRA

ferreiraliberal@yahoo.com.br

Jornalista, radialista e sociólogo. Começou a carreira em Castanhal (PA), em 1981, e fluiu para Belém no rádio, impresso e televisão, sempre na área esportiva. É autor do livro "Pisando na Bola", obra de irreverências casuais do jornalismo. Ganhador do prêmio Bola de Ouro (2004) pelo destaque no jornalismo esportivo brasileiro.

Gedoz, culpado ou injustiçado?

Carlos Ferreira

Em dez meses, 52 jogos e 11 gols pelo Remo. Antes dessa sequência com a camisa azulina, Felipe Gedoz havia feito 53 jogos em duas temporadas e meia por Athletico/PR, Goiás, Vitória e Nacional do Uruguai. A maior sequência era pelo Vitória, próximo adversário do Leão Azul: 27 jogos e cinco gols em 2019.

A vida em altos e baixos alimenta uma dúvida permanente: Gedoz é culpado ou injustiçado no Remo? Nesta fase de baixo desempenho ele carrega culpa por insucessos do time. É o nome mais discutido do time pelo que faz e pelo que deixa de fazer. Uma nova espécie de "Eduardo Ramos" no Baenão! Talento indiscutível, entrega física sempre discutível. Ônus e bônus no time remista.

Leandro Silva, finalmente um tiro certeiro

Júnior, que saiu antes de estrear; Israel, que foi dispensado; Marcelo, que permanece no elenco como reserva para os dois lados; Leandro Silva, o quarto tiro do Papão que finalmente acertou o alvo e já pode dizer que tem um lateral-direito.

Paulista de Sorocaba, 32 anos, Leandro Silva havia feito 15 jogos pelo Confiança antes de vir para Belém. Chegou, entrou no time e jogou integralmente as quatro partidas, contra Jacuipense, Volta Redonda, Floresta e Santa Cruz. Fez gol, deu assistência, tornou-se peça vital no time de Roberto Fonseca. Uma solução estabelecida!

Revelado pelo São Caetano, Leandro Silva tem no currículo alguns clubes importantes como Coritiba, Ceará, Vitória, Figueirense, Avaí e América Mineiro.

BAIXINHAS

* Leandro Silva e Thiago Ennes, dois bons laterais-direitos que vieram do Confiança para Remo e Paysandu. Thiago Ennes, no entanto, precisou de paciência e persistência como reserva de Wellington Silva, até tomar conta da posição e virar destaque não só do Remo, mas se toda a Série B.

* Ferrim com técnico estreante contra o Paysandu. Anderson Batatais substitui Francisco Diá. É um retorno! Batatais dirigiu o Ferroviário nos primeiros meses de 2020 e saiu com crédito. Foi auxiliar de Wagner Mancini no Atlético Goianiense, no Corinthians e no América Mineiro. Largou o cômodo trabalho de assistente pelo desafio de conquistar mercado como técnico.

* Vitória, adversário do Remo, pontuou nas seis últimas rodadas, com duas vitórias e quatro empates. Cinco desses jogos foram no embalo do técnico Wagner Lopes. O rubro-negro baiano está investindo tudo numa vitória sobre o Remo para sair da zona do rebaixamento na próxima rodada.

* Iarley, ídolo da torcida do Papão, está se lançando como técnico de futebol, à espera de propostas. Aos 47 anos, o cearense Pedro Iarley se vê pronto para o desafio, depois de cinco anos dirigindo equipes da base do Internacional.

* Clubes e CBF tratam hoje, em teleconferência, da volta do público aos estádios. Essa liberação já foi autorizada em vários estados, inclusive no Pará, sob exigências protocolares, tais como imunização completa ou teste recente com resultado negativo para a Covid. Em Belém a liberação é para apenas 20% da capacidade dos estádios. Em Castanhal e Paragominas deve ser de 30%.

* Renato Henrique veio do Jacuipense com aval de Dedeco, ex-jogador do Japiim, para substituir William Fazendinha. Outros candidatos são Vitinho, ex-Cuiabá, e Alexandre, que já era o substituto natural de WF no Castanhal.

Carlos Ferreira
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CARLOS FERREIRA