ABNER LUIZ

ABNER LUIZ

Ex-atleta de futebol, publicitário, radialista, jornalista, pós-graduado em Marketing pela FGV e jornalista esportivo no Pará há mais de 20 anos. Fez duas coberturas de Copa do Mundo.

Tudo em casa

Abner Luiz

O Paysandu não venceu, não perdeu e buscou a vitória na sua última partida da Série C esse ano. A desconfiança que alguns apontavam, em favorecimento ao time baiano, não ocorreu. Nem poderia ter ocorrido, já que isso coloca em cheque profissionais, a instituição e não existe segredo no futebol. Claro que o time jogou mais leve e só com o compromisso firmado com o Figueirense, que não fez o seu papel. No final, ficou tudo em casa com o Vitória. 

Agora é com a política

Claro que o mandato no Paysandu será até janeiro e a Copa Verde será o próximo compromisso. Que renovação com jogadores e treinador caberá à próxima gestão. Poderia ser menos trabalhoso, caso a situação tivesse um nome com o martelo batido. Não existe posição no clube com voto para desbancar a situação. Só se a situação se dividir na eleição. Nesta semana os bastidores irão ferver para definir quem será o candidato da situação. 

Quer definir

O Remo quer entrar outubro com o executivo e o coordenador de futebol definidos. Após essa definição, a busca será pelo treinador. O treinador da casa, o chamado permanente, não deverá ser mais o Netão. Na função o clube busca alguém que trabalhe a base e o profissional ao mesmo tempo. Assim como o coordenador, que terá que fazer essa ligação da base com o profissional. A diretoria não vai abrir mão de lançar jogadores da base.

Apito final

Domingo sem Série A, foi um domingo de ressaca do torcedor paraense, relembrar que Remo e Paysandu fracassaram na Série C. Quanto dinheiro desperdiçado para os dois! 

Justamente após a crítica de Lecheva em relação ao não aproveitamento dos jogadores que ele indicou, Márcio Fernandes lançou o Dioguinho e o Gabriel Davis como titulares.

Se foi na intenção que eles iriam fracassar, os dois jogadores tiveram muita persolanilidade e mostraram um bom futebol. Claro que o jogo teve menos peso do que muitos na competição. 

Também o Paysandu não precisa empolgar e rebocar até 2030 com os dois atletas. O Parazão cabe muito bem nos pés dos dois jogadores. 

Uma boa semana!

Abner Luiz
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM ABNER LUIZ