Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Abner Luiz

Ex-atleta de futebol, publicitário, radialista, jornalista, pós-graduado em Marketing pela FGV e jornalista esportivo no Pará há mais de 20 anos. Fez duas coberturas de Copa do Mundo.

Seria isso?

Abner Luiz

Esse time que o Clube do Remo está montando e já se apresentou (parte dele) pode ser considerado melhor que o da temporada passada, quando o clube estava na Série B? Olha que se olhar peça por peça, não fica devendo em nada não. Agora tem que saber se em campo, não só no papel, o time vai empolgar. Como primeiro encontro com o torcedor, parece sim que o time aprovou. E ainda tem mais gente para chegar ao elenco. 

Tristeza bicolor

O jogador mais caro do elenco, ou de maior investimento, vai ficar fora de mais de 50% da temporada. Ricardinho, com 36 anos, foi colocado na lama para jogar, em ônibus para viajar por horas e no fogo mesmo lesionado em dois clássicos! O resultado é um prejuízo não só para o clube, como para a saúde do jogador. E olha que, mesmo lesionado, tem tanta qualidade que ainda fez gol no Re-Pa! Paysandu o terá na folha, mas não em campo.

Duas chapas!

Agora a confusão na falida FPF é que a comissão eleitoral estipulou o prazo até a última sexta-feira para a inscrição de chapas, e uma das chapas se inscreveu a peso de liminar, no sábado, que não é um dia útil, como pede a comissão eleitoral. Pela comissão eleitoral, a chapa do Ricardo Gluck será aclamada, já que só essa chapa fez inscrição na sexta-feira. Agora imaginemos um apaixonado bicolor na cadeira de presidente. 

Apito final

Acredito na capacidade do Ricardo em administrar a FPF, mas só o tempo pode me mostrar que ele não irá trabalhar para o Paysandu de forma exclusiva. Só o tempo! 

Ricardo sai da cadeira de presidente do Paysandu para sentar na cadeira de presidente da FPF. Algo jamais visto no futebol paraense. Mas ele jura de pé junto que não. 

Triste ver a dona Ana Bororó candidata à vice-presidente em uma chapa que não merece qualquer credibilidade. A política, dessa vez, faz a contramão da ética, da razão e da lisura. 

O colunista clama a Deus que a dona Ana não se misture com a lama. Pessoa amada, reconhecida por todos e de um coração sem tamanho. Esqueça isso Madrinha! 

Abner Luiz
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM ABNER LUIZ