Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

ABNER LUIZ

Ex-atleta de futebol, publicitário, radialista, jornalista, pós-graduado em Marketing pela FGV e jornalista esportivo no Pará há mais de 20 anos. Fez duas coberturas de Copa do Mundo.

Polêmica sobre a Copa Verde 2022

Abner Luiz

Estão afirmando que o Clube do Remo, ao desistir a Copa Verde, correu com medo de enfrentar o Paysandu. Que o Paysandu, mesmo sem ter time formado, enfrentou a Copa Verde e o Remo em duas oportunidades. A diretoria do Remo alega que essa foi a escolha do Paysandu, que foi avisado ainda durante a Série C e tendo calendário, que a competição ocorreria e não depois que a Série C terminou. Esse é um assunto que nem era para ter polêmica, mas conhecemos como o nosso futebol vive de provocações entre a dupla Re-Pa e isso resulta com os dois na Série C.

Remo disse não para a CBF

Historicamente não lembro de um clube do Pará ter dito não para a CBF. O Remo disse e não vai jogar a Copa Verde. Mas o que parece relevante, assistir o Remo dar as costas para a dona do futebol brasileiro, não é não! A CBF não se importa com a Copa Verde e com o futebol do Norte do país? É só comparar a Copa do Nordeste e a Copa Verde! Copa Verde essa que a Sul-americana disse não para a CBF e barrou o campeão de participar da sua competição. Ao mesmo tempo, a CBF não fez esforço algum para convencer o Remo também de estar na competição. Ficou tudo igual!

A preocupação é outra

O Paysandu não tem que se preocupar com a desistência do Clube do Remo. Ele precisa estar preocupado em subir para a Série B e sair dessa fila de cinco anos. Se não der certo, a Copa Verde será um ativo importante financeiro para o Paysandu ir buscar o título e os mais de dois milhões da Copa do Brasil, da fase que entrará na competição. É só o presidente da FPF e ex-presidente do Paysandu chegar na CBF com o presidente Maurício de braços dados, pedir em dezembro a antecipação da cota e começar o ano milionário. Subir e ganhar a Copa Verde serão o bolo e a cereja.

Apito Final

Na sua primeira ida na CBF como presidente da FPF, o Ricardo foi “furado” pelo presidente do Paysandu, que anunciou a realização da Copa Verde 2022. Só aqui isso!

Fortes indícios dão conta de que os indesejáveis colaboradores do futebol do Remo estão ajudando o clube a se desfazer dos pepinos e não mais farão parte do futebol.

Se for reaberto ainda em setembro, o Mangueirão não contará ainda com a pista olímpica dentre alguns apetrechos. Mas nada que impeça de reabrir para a bola.

Nem precisou de muito e o Remo já rompeu com a FPF nesse episódio Copa Verde. Ninguém precisou avisar que isso ocorreria, mas ninguém imaginou que seria tão rápido.

Abner Luiz
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM ABNER LUIZ