Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

ABNER LUIZ

Ex-atleta de futebol, publicitário, radialista, jornalista, pós-graduado em Marketing pela FGV e jornalista esportivo no Pará há mais de 20 anos. Fez duas coberturas de Copa do Mundo.

Erro estratégico no Remo

Abner Luiz

A diretoria do Clube do Remo perdeu uma grande oportunidade de descartar no mínimo uns cinco jogadores que todos sabem que não vão ajudar o time nessa caminhada da Série C do Brasileiro. Gente que inclusive teve muitas oportunidades e decepcionou em quase todas as chances.

Deixar no elenco para Gerson Gusmão avaliar o que todos sabem, menos ele, é correr o risco de o treinador gostar de alguém no treino e acabar colocando para jogar. Tudo bem que o treinador fez o pedido para não mexer no elenco, só que estamos em junho e não em janeiro professor! Agora terá tempo o treinador para saber o certo?

A conta chegou no Papão

Aquele modelo de gestão sonhado, prometido e que serviu de ilusão para muitos bicolores do lado de fora está provando, a cada ano da administração da Novos Rumos, que infelizmente, para o clube, está bem longe da promessa. São processos antigos de dentro da gestão Novos Rumos e da atual, que é feita por personagens que estavam envolvidos diretamente com a NR.

O atual presidente, conhecedor de mercado de negócios, sabe a real do caso da venda de Pikachu, mas sabe que o clube não estará nas mãos dele quando o problema for julgado. Hoje o Paysandu já até sofre bloqueios das suas arrecadações.

Hoje só um classifica

Olhando as campanhas de Remo e Paysandu, qualquer apostador ou quem entenda um pouquinho de futebol consegue apostar todas as fichas que o Paysandu classifica e o Clube do Remo não. O Paysandu precisa “se superar” para não classificar e o Remo precisa da mesma superação, mais um pouco, para conseguir chegar na próxima fase.

O Paysandu está como está devido a ter acertado em treinador e executivo; ter encontrado uma forma de jogo e um time muito mais rápido. O Remo trouxe o glamour da Série B, apostou em um treinador ultrapassado e faltou gestão de grupo. Que o novo consiga tudo isso de imediato.

Apito Final

*É justo, mas chega a ser engraçada a campanha que começou pelas redes do Paysandu, para que o Pikachu esteja na lista do Tite para a Copa do Mundo. Mas vale sim, mostra que o Paysandu tem o jogador como ídolo.

*Pikachu jogando por um time do Nordeste, sem padrinho político e esportivo, jamais será um jogador do Tite. Se estrelas como Romário, Neymar, Ganso já foram deixados no Brasil mesmo com pedido de milhões, imagina o Pikachu.

*A falta de humildade de um bom homem como o Bonamigo, não permitiu que ele deixasse o Remo de forma menos constrangedora. Principalmente sabendo que o treinador tem um sentimento muito grande pelo Remo.

*O resumo da passagem do empresário que cobra 40 milhões do Paysandu pela compra do Pikachu, se resume em o presidente Maurício saber que o empresário tem todos os documentos e que a tempestade pode demorar mas chegará.

Palavras-chave

Abner Luiz
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM ABNER LUIZ